- Publicidade -

No dia 15 de março aconteceu a tão esperada final da primeira edição da Liga Brasileira de Free Fire. Muitas coisas estavam em aberto e ainda estavam em jogo, tanto no topo da tabela, quanto na zona de rebaixamento.

Nesta ocasião, com direito a um booyah no último dia de campeonato, a renomada e mundialmente prestigiada Team Liquid, soltou o grito de campeão e levantou a taça do primeiro split da LBFF de 2020.

Team Liquid
Foto: Cesar Galeão

A line-up da Team Liquid que se sagrou campeã da brasileira de Free Fire contava com os seguintes membros:

  • Peu
  • Raposo
  • JapaBKR (MVP da LBFF)
  • Luuuking
  • LukasTD
  • Souto (coach)
  • MRT (manager e coach)

“Nós disputamos a Free Fire Pro League Season 3, e assim adquirimos experiencia de presencial para chegarmos calejados e prontos para a LBFF. Também contamos com o suporte de psicologo da Liquid, que fez um trabalho incrível e deu muita tranquilidade para o time. O título trouxe um misto de sentimentos: felicidade, alivio e gratidão. Tudo foi fruto de muito esforço e trabalho do grupo. Abrimos mão de muitas coisas para que todos estivéssemos focados num só pensamento, num só objetivo”, disse Souto, Head Coach da Team Liquid.

O título da LBFF não foi o único motivo para a Team Liquid festejar. Um dos destaques da última temporada da antiga Free Fire Pro League, JapaBKR, levou para casa a coroa de MVP do primeiro split da competição. Ele conquistou ao todo 112 eliminações em apenas 78 quedas disputadas, sendo o líder em abates do campeonato.

“Eu fiquei muito feliz com o título. Sou uma pessoa muito focada e ser reconhecido como o melhor jogador de Free Fire da temporada é muito gratificante. Estou feliz e espero que o próximo split seja muito competitivo e que eu seja testado novamente por outras equipes junto aos meus companheiros”, fechou JapaBKR, MVP do primeiro split da Liga Brasileira de Free Fire.

JapaBKR - Team Liquid
JapaBKR sendo coroado MVP da LBFF – Foto: Cesar Galeão

Relembre a campanha da Team Liquid

A Team Liquid anunciou sua line-up no dia 23 de janeiro, dias antes do início da Liga Brasileira de Free Fire. Mesmo sem conquistar booyahs na primeira semana da competição, a Cavalaria conseguiu garantir boas colocações nas 12 quedas que foram disputadas e fecharam a primeira semana da LBFF ocupando a quarta colocação na tabela.

Se nos dois primeiros dias a Cavalaria não apresentou um desempenho brilhante, eles abriram a segunda semana com uma apresentação memorável. Garantiram 3 booyahs no sábado e encostaram na liderança do campeonato, com uma diferença de apenas 9 pontos para a até então primeira colocada LOUD. No domingo, a Team Liquid levou mais 1 booyah para fechar a segunda semana com 4 acumulados e passar o restante da semana na liderança da LBFF.

A Team Liquid abriu a terceira semana gritando booyah 2 vezes logo no primeiro dia. Com um desempenho incrível de JapaBKR e companhia, a Cavalaria assegurou a liderança do campeonato e se distanciou ainda mais das adversárias.

Mesmo com  a equipe tendo uma ótima regularidade no decorrer do campeonato, a Liquid acabou não apresentando o melhor desempenho na quarta semana da LBFF e não conquistou nenhum booyah. Além de terem sofrido com eliminações precoces nas quedas que foram disputadas, a equipe viu a INTZ assumir a liderança da Liga Brasileira de Free Fire.

Porém na quinta semana, a Team Liquid se recuperou e voltou a alcançar boas colocações nas quedas. Logo na primeira partida da sexta-feira, Luuuking garantiu o segundo lugar para a Cavalaria, e na sexta e última queda, mostraram uma boa jogada em equipe e rusharam para cima da PRG e da paiN, levando seu primeiro booyah da quinta rodada da LBFF. No terceiro dia, a LOUD conquistou 2 booyahs e se aproximou da Cavalaria. Os atuais campeões da América ficaram a apenas 3 pontos da líder Team Liquid.

Semana decisiva e título da 1° edição da LBFF

A Cavalaria começou a última e decisiva semana da LBFF com uma atuação muito boa. Logo na segunda queda da sexta-feira, eles garantiram o booyah, além de boas colocações nas outras cinco partidas.

No sábado, a Liquid garantiu o booyah na quinta queda do dia, e com isso chegou ainda mais perto do título da competição. Porém ele só veio no domingo, quando a durante a sexta e última queda do campeonato, por conta das eliminações e da colocação da equipe, os jogadores soltaram o grito de campeão e comemoraram.

Team Liquid
Foto: Cesar Galeão

Com a conquista do título de campeão da LBFF, a Team Liquid também garantiu uma vaga para disputar a Free Fire Champions Cup (FFCC), torneio que aconteceria no dia 19 de abril, em Jacarta (Indonésia).

O mundial acabou sendo adiado por conta da grave pandemia do coronavírus que atingiu principalmente os países asiáticos. A nova data da competição ainda não foi divulgada.

Veja também: Loja Misteriosa 8.0 está disponível no servidor brasileiro