- Publicidade -

Anunciado com o nome misterioso de Project A, o FPS da Riot Games finalmente está recebendo mais detalhes de vários jogadores profissionais e streamers que visitaram recentemente os estúdios da empresa para testar o game. Entre eles, muitos apontaram detalhes bem interessantes de gameplay bem como a intenção da empresa em deixar o jogo completamente free-to-play para os fãs.

A possibilidade do jogo ser gratuito foi levantado por um dos jornalistas russos que esteve presente nos testes do estúdio de Santa Mônica, nos Estados Unidos. Na sua série de considerações, traduzidas posteriormente pelo Reddit, ele comenta que os desenvolvedores planejam lançar o Project A no modelo free-to-play e vender apenas “cosméticos” dentro do game.

Project A FPS

Ele também reforça que o jogo é almejado inicialmente para o PC, mas outras plataformas também são consideradas pela Riot Games.

Project A e mais detalhes do gameplay

Em uma extensa thread no Twitter, o analista de CS:GO HenryG compartilhou muitos detalhes do gameplay do jogo.

O título em si compartilha muitos detalhes do FPS da Valve. Project A será um jogo de tiro tático de cinco-contra-cinco dividido em vários turnos, mas com elementos de classes e heróis de forma similar à Overwatch e Apex Legends. O modo principal apresentado nessa fase de testes é o tradicional “defuse a bomba” como em CS:GO. São dois bombsites espalhados pelo mapa.

A grande diferença é que haverá uma “economia” em que os jogadores poderão comprar habilidades diferentes no início de cada rodada. “A jogabilidade e a mecânica das armas são super lisas e satisfatórias”, explicou o analista de CS:GO. “Na build que eu joguei, experimentamos armas de hitscan bem equilibradas e variadas que tinham seus próprios padrões de spray e os melhores métodos de abordagem para sua situação ou posição”, continua.

“Semelhante ao CS:GO, com o sistema econômico, você pode investir parcialmente em rodadas com menos poder de fogo para apostar em uma rodada e entrar com habilidades/utilidades básicas”, cita o analista.

HenryG também elogiou muito o design dos mapas com muitos pontos de encontro. E ele finaliza elogiando muito o jogo. “Vou deixar você com esta bomba: Project A é o melhor jogo que joguei desde o CS:GO”, finaliza o comentarista.

E aí, como está a sua empolgação para o FPS da Riot Games?