- Publicidade -

Em 2019 a Riot fez um evento comemorativo de seus 10 anos e anunciou vários jogos em desenvolvimento. Entre eles um dos que mais chamou a atenção do público foi o Project A, título FPS da empresa.

O novo jogo se passará em um futuro próximo e, de acordo com a empresa, será um jogo “bem competitivo”, com cada personagem tendo habilidades únicas. A empresa está trabalhando duro para que o projeto dê certo, por isso convidou três brasileiros para testar o jogo e dar seus feedbacks. Os streamers Gaules, Tecnosh e o CEO da Gamers Club Fly foram até Los Angeles ajudar o time de desenvolvimento do FPS. Eles são os primeiros que não fazem parte dos funcionários da Riot a jogar a versão beta do Project A.

“Um orgulho poder representar a Tribo nesse projeto e contribuir com tudo q aprendi nessa jornada de mais de duas décadas pra q esse novo jogo venha agregar e unir nossa comunidade! Na live de hoje vou falar mais sobre essa experiência! E pra quem está na dúvida.. O jogo é FODA!”, completou Gaules sobre a experiência de jogar o beta.

Os três representantes brasileiros são bem experientes no ramo de FPS. Gaules já foi jogador profissional de Counter Strike, enquanto que Fly é CEO da maior plataforma de match making de CS:GO do Brasil. Tecnosh começou sua carreira no LoL, mas logo virou destaque em jogos como PUBG e H1Z1.

Desde que mostrou o jogo, a Riot não comentou mais detalhes sobre o seu desenvolvimento ou mesmo datas de lançamento. Você pode ver seu trailer aqui.

Veja também: Zed, Talon, Darius e outros campeões receberão buffs para serem caçadores