Mais um Comunicado importante sobre o CBLOL! Dessa vez paiN e INTZ perdem pontos pela falta de reservas. Os 2 times tiveram falhas durante a lista de jogadores.

A paiN colocou o jogador Hiiva como seu suporte e ele não irá atuar pela equipe e nem mesmo possui contrato com a paiN Gaming. Já a INTZ não tem contrato com o “Veteran” e o outro reserva, era o proprietário da Red Canids inviabilizando sua inscrição no CBLOL.

A paiN já havia sido punida nesse CBLOL pelo motivo de Poaching. A INTZ também já recebeu punição em 2016 devido à situação que o time se encontrava com a Red Canids.

Confira como foi a publicação no site do LOLEsportsBR.

Veja -> Resumo Semanal #3 – Loop está livre e Rework nos Mages

Veja -> Entrevista com Ayel

Comunicado de Penalidade: paiN Gaming e INTZ

Assunto: Violação do regulamento do CBLoL 2016.

Organizações: paiN Gaming e INTZ
Assunto: Violação do regulamento do CBLoL 2016
Penalidades: Dedução de pontos na tabela do CBLoL


Fatos

No dia 4 de dezembro de 2015, as organizações paiN Gaming e INTZ Team apresentaram suas escalações oficiais para a Primeira Etapa do CBLoL 2016.

O regulamento da competição dita que, além dos 5 titulares e do técnico, ao menos 2 (dois) reservas devem ser inscritos. Ambas as organizações enviaram as escalações conforme requisitado, porém, após averiguações, os oficiais da Temporada 2016 concluíram que algumas dessas inscrições eram irregulares.

Sobre o caso da paiN Gaming:

O jogador Aleksi “Hiiva” Kaikkonen, inscrito como Suporte pela paiN não possuía contrato com a organização, além de não autorizar sua inscrição, portanto esta é irregular.

Assim, a organização possuía apenas um reserva válido na época da inscrição, estando em desacordo com mínimo de dois reservas que o regulamento exige.

Sobre o caso da INTZ:

A inscrição do jogador Luan “SNK” Almeida, como reserva, foi irregular, dado que o mesmo se encontrava impedido de ser inscrito como jogador por ser um dos proprietários da organização Red Canids à época.

O jogador Michael “Veteran” Archer não autorizou sua inscrição como reserva da equipe, portanto a inscrição foi irregular.

Assim, a organização não possuía reservas válidos na época da inscrição, estando em desacordo com o mínimo de dois reservas que o regulamento exige.

No dia 22 de janeiro de 2016, ambas as organizações foram informadas dessas penalidades pelos oficiais da Temporada 2016.

Veja -> Resumo Semanal #3 – Loop está livre e Rework nos Mages

Veja -> Entrevista com Ayel

Regras relevantes

Conforme o item 4.1 do regulamento do CBLoL, ao menos 3 jogadores titulares da formação classificada (que conquistou a vaga na Etapa) devem ser mantidos na escalação titular da equipe a todo tempo.

3.2 Requisitos de Formação – Cada equipe deve manter, por toda a duração do Campeonato Brasileiro e do Circuito Desafiante, cinco jogadores na formação principal (“Equipe Titular”) e entre 2 e 5 jogadores substitutos (“Reservas”) formando a “Equipe Ativa”, bem como um técnico oficial. Nenhum indivíduo pode simultaneamente ocupar mais de um papel dos listados acima. […]”

4.1 Campeonato Brasileiro 2016 – […] se a equipe não mantiver ao menos cinco titulares, de dois a cinco reservas (CBLoL e Circuito Desafiante) e um técnico (apenas CBLoL), a equipe receberá uma punição em sua pontuação. (2 pontos serão deduzidos da equipe por jogador irregular/faltante).”


Decisão

As organizações INTZ Team e a paiN Gaming violaram os itens 3.2 e 4.1 do regulamento do CBLoL 2016 e serão penalizadas.

Penalidades

Dedução de 2 (dois) pontos na tabela de classificação do CBLoL por jogador faltante. Dessa forma:

paiN Gaming: dedução de 2 (dois) pontos

INTZ: dedução de 4 (quatro) pontos

Com isso, as organizações ficam autorizadas a incluir novos jogadores para preencher essas vagas (1 na paiN e 2 na INTZ), sem penalidades adicionais, respeitando-se as regras do CBLoL.

Veja -> Resumo Semanal #3 – Loop está livre e Rework nos Mages

Veja -> Entrevista com Ayel