De acordo com o comunidade de penalidade da Riot Games. A paiN Gaming será punida e Loop não poderá jogar pela paiN Gaming em 2016.

Confira como foi o anuncio do site oficial do LOL E-Sports BR.

Organização: paiN Gaming

Assunto: Violação da Política Interregional de Antialiciamento

Penalidades: Perda de premiação e valores de direitos de uso de imagem; suspensão do diretor.

Fatos

De acordo com a Política Interregional de Antialiciamento, válida para as equipes e jogadores do CBLoL desde o dia 08 de agosto de 2015, nenhum membro de equipe ou filiado à equipe pode exercer a solicitação, atrair ou engajar em discussões de emprego de um jogador que está sob contrato com uma equipe profissional competindo no torneio de mais alto nível de uma região.

Existe um processo específico para a negociação de jogadores em situação regular de contrato e qualquer comunicação fora dessa norma é caracterizada como aliciamento, o que acarreta em penalidades.

Após investigações e discussões com todas as partes envolvidas, a Comissão de Operações de Ligas concluiu que o jogadorCaio “Loop” Almeida, então contratado regularmente pela equipe INTZ, sofreu tentativa de aliciamento por parte da organização paiN Gaming.

Este comunicado foi enviado para todas as partes (INTZ, Loop e Pain) antes de sua publicação.

Regra relevante: Política Interregional de Antialiciamento

Decisão

A organização Pain Gaming violou a Política Interregional de Antialiciamento e será penalizada.

Com isso, ficam também impedidos de inscrever o jogador Caio “Loop” Almeida como membro da organização em qualquer evento ou torneio da Riot, pela Temporada 2016 de League of Legends. Isso não impede que o jogador seja inscrito por qualquer outra equipe durante esse período, inclusive pela INTZ.

A Comissão de Operações de Ligas também definiu que, considerando que o desempenho do jogador pode ficar abalado como consequência dessa proposta, a equipe INTZ poderia inscrever um jogador adicional, sem penalidades. Isso não afeta as questões contratuais correntes entre o jogador e a organização, que devem ser tratadas entre as partes.

Penalidades

– Perda de direto à premiação da Primeira Etapa do CBLoL 2016 (valor integral), independemente da colocação da equipe;

– Perda de direito ao valor referente aos direitos de uso de imagem da Primeira Etapa do CBLoL 2016 (valor integral);

– Suspensão do diretor da equipe por 01 (um) ano, a partir da data de publicação deste comunicado, ficando impedido de comparecer aos estúdios do CBLoL ou aos eventos da Riot como membro da equipe. Além disso, ele não poderá representar a organização perante os oficiais da competição durante esse período; outro profissional da organização deverá ser designado para esse fim.