Quake

A Quake Pro League terminou com vitória para Filipe “nosfa” Barbosa. O jogador brasileiro venceu sua Partidas por Prêmios e fechou a competição no 11º lugar, faturando US$ 3 mil.

O adversário do último duelo foi o italiano Marco “vengeuR” Ragusa. Nosfa venceu apertado e fez 3 a 2, com 1-11 na Awoken, 6-5 na The Molten Fells, 1-0 na Blood Run, 7-8 na Vale of Pnath e 8-1 na Blood Covenant. No primeiro encontro da dupla, o italiano é quem havia vencido.

O jogador da Black Dragons havia garantido a presença nos jogos de domingo após terminar a primeira fase com 10 vitórias em 19 jogos. Depois de um bom desempenho no primeiro dia, nosfa teve 100% de aproveitamento no segundo, mas acabou escorrendo no terceiro e último confronto.

Agora, nosfa foca na disputa de competições online – serão 10 semanas delas até o próximo evento presencial. O jogador retornará ao Brasil na próxima segunda-feira.

K1LLSEN CAMPEÃO

Enquanto nosfa ficou em 11º, o grande campeão foi Marcel “k1llsen” Paul, da BIG Clan. Depois de ficar em segundo na classificação geral, o alemão atropelou o lendário Anton “cooller” Singov na decisão com 3 a 0, com 6-3 na The Molten Falls, 10-5 na Awoken e 9-1 na Blood Run.

A conquista rendeu o cinturão da QuakeCon 2019 e US$ 10 mil em premiação. O título foi o segundo grande título da carreira de k1llsen, que já havia vencido o Italian Esports Open em 2017.