A Riot Games Brasil comunicou neste sábado (04) que a KaBuM receberá uma punição por não ter um treinador inscrito para o restante do CBLOL 2017. A equipe acabou demitindo Vinicius “Neki” Ghilardi na quarta-feira (01) como parte de uma reformulação da equipe, de acordo com a mesma em um post no seu Facebook oficial.

A equipe vai receber uma multa de R$ 1.000,00 (mil reais) por cada jogo sem treinador. A organização também não pode inscrever um treinador interino, pois o regulamento do CBLOL só permite a inscrição de membros (perante a multa) ate a quinta semana de competição. A KaBuM ainda tem pela frente mais duas series MD2, contra o Remo Brave no dia 05 e contra a INTZ no dia 11.

A equipe vem passando por uma situação difícil, recentemente seu mid laner Guilherme “Vash” Del Buono anunciou que estaria saindo da equipe por conta de problemas com a estrutura fornecida pela organização. A KaBuM anunciou que o jogador Alexandre “Titan” lima, inscrito como atirador reserva, vai assumir a posição de mid laner da equipe.

Confira: Kawakami rejeita convite para assumir a mid lane da KaBuM no CBLOL.