A segunda line-up da Brasil Gaming House deixa a organização para seguir novos caminhos.

Os jogadores e técnico da BGH.Red deixaram a organização na última terça-feira (20). O anúncio da saída dos integrantes não revelou o motivo que levou a equipe a se afastar da BGH.

A BGH.Red, composta pelo DPS Victor ”Devest” Guimarães, flex Lucas “Kuryama” Escuer e Gabriel “Gobirol” Kovacs, suportes Rhuan “winiking” Queiroz e Pedro “Phabujamra” Abujamra, tanker André “Txozin” Saidel, técnico Gabriel “Cants” Canto e manager Andre “Lee”, jogou recentemente em torneios como a Brasil Game Cup, que teve final presencial no Rio de Janeiro, e ficou em terceiro lugar no Última Arena, torneio que forneceu mais de R$ 5.000 em premiação total. A equipe também jogou torneios do exterior, como o Rivalcade Weekly, Good Gaming Overwatch e Overwatch Rumble, mas não chegou a ser destaque nos torneios, apesar de ter disputado contra equipe internacionais como a You Guys Get Paid?! e Kungarna.

A organização Brasil Gaming House não comentou sobre a possibilidade de uma nova line-up para a BGH.Red. A antiga line-up agora segue em busca de novas oportunidades.

Após sair da organização, o tanker André “Txozin” Saidel decidiu se afastar do competitivo de Overwatch para se dedicar aos estudos.

“Caso magoei alguém enquanto pro player, peço desculpas e valeu! Principalmente pra quem jogou comigo e para a [equipe] NoMercy, Cube e BGH.Red”, afirmou o jogador.

Gabriel “Nitro” Gaspar, que também foi DPS da equipe, saiu da BGH.Red e entrou na Keep Gaming na última segunda-feira (19).

A outra line-up, BGH, foi escalada como seleção brasileira da Copa Mundial de Overwatch e irá jogar presencialmente em Burbank, Califórnia, contra as equipes dos Estados Unidos, Taipé Chinesa e Nova Zelândia nos dias 11 a 13 de agosto.