Em uma revanche da final do CBLoL 2017, a paiN Gaming estreou no CBLoL 2018 com vitória em cima da Team oNe, em um incontestável 2-0. O Mais e-Sports teve a oportunidade de conversar com Murilo “takeshi” Alves, atual top laner da equipe, que comentou sobre nova comissão técnica, confronto contra Vvvert entre outras coisas.

A paiN Gaming recentemente anunciou sua nova comissão técnica, com um total de nove pessoas atuando em diversas posições para que os jogadores possam ter o máximo de estrutura possível, tanto dentro de jogo quanto fora dele. Takeshi comentou um pouco sobre como está sendo sua experiência com a nova comissão.

“Bom é ate um pouco assustador a primeira vista porque são nove pessoas integrando a comissão técnica, mas o que precisa ficar mais claro para as pessoas é que não são nove pessoas literalmente falando sobre jogo, estratégia, esse tipo de coisa. Também são pessoas para cuidar do nosso lado pessoal, nos ajudar a ter um mindset correto durante a semana, esse tipo de coisa para preparar realmente o jogador e não somente estratégias, composições e etc. Então é um número grande sim de pessoas , mas a gente ta tentando lapidar ainda para fazer com que todas as funções sejam bem feitas, mas vai demorar um pouquinho ainda para que a gente consiga emplacar 100%, mas com certeza quanto mais pessoa agregando, melhor vai ser pra gente no decorrer do tempo.”

O jogador também comentou que a comissão técnica chegou a pouco tempo, e por conta do pouco tempo para conversarem entre si, a quantidade de informações de cada um fez com que o processo antes do jogo contra a Team oNe fosse um pouco confuso.

“Bom eles chegaram no meio dessa semana, se não me engano na quarta-feira (17), então chegaram bem em cima do CBLoL, faltando poucos dias para começar, e por isso foi um pouco difícil no começo porque eram muitas ideias e coisas diferentes, tanto de drafts quanto do jeito que se deve ser jogado, então foi muito confuso esse começo, mas eu estou muito feliz que mesmo com todos esses problemas a gente conseguiu ganhar de 2-0 da oNe que era um time muito forte.

Parte da nova comissão técnica na paiN Gaming. Foto: Riot Games

É o primeiro CBLoL de Takeshi na rota do topo, e já em sua estreia teve que enfrentar o jogador Vvvert, considerado o melhor jogador da segunda temporada do CBLoL 2017. O capitão comentou um pouco sobre como foi a preparação para jogar contra o jogador na série.

“A preparação para jogar contra o Vvvert não foi muito diferente do que a gente tende a se preparar para outros times, a gente acha sim que ele é um jogador muito bom e com certeza foi o destaque do CBLoL ano passado, mas tentamos fazer com que eu ficasse em uma zona de conforto, conseguimos pegar Ornn duas vezes seguidas e eu joguei muitos jogos com o campeão, então eu consegui ficar confortável para enfrentar mesmo que seja o Vvvert, que é um grande jogador.  Só tentaram me manter em uma zona de conforto ali para que o Tin e o Matsu carregassem o jogo (risos).”

Takeshi também comentou sobre como o time está apoiando o jogador Tay depois de tantas criticas que o jogador sofreu em suas últimas performances.

Acho que o que mais apoia o Tay no momento é que a gente confia muito nele, todo o grupo está fechado com ele e a gente da todo o suporte, todo o apoio pra ele, conversamos muito. Obviamente temos algumas discussões que acontecem no ambiente competitivo, isso acontece sempre, mas o importante mesmo é que o grupo esteja fechado e esteja apoiando ele. Ele também está amadurecendo com o tempo, em 2016 ele entrou no lugar do brTT que é o maior nome do cenário, então foi muito peso pra ele e talvez na época ele não era tão maduro, agora ele está se desenvolvendo mais como pessoa, ficando mais maduro, e com certeza, com o grupo apoiando ele, agora ele vai lidar muito melhor com isso do que foi ano passado. “

Tay sofreu duras criticas em suas últimas performances, principalmente da torcida. Foto: Riot Games

Para finalizar, o jogador comentou sobre sua expectativa para enfrentar Winged, da Red Canids Corinthians. Em 2014 quando o sul-coreano jogava no cenário brasileiro, Takeshi jogava como mid laner para a CNB, mas posteriormente foi contratado pela Keyd Stars (Vivo Keyd).

“A gente enfrenta a Red só na última semana, então vamos ter muito tempo para estudar ele. Eu estou bem ansioso porque em 2014 com certeza ele era o destaque da selva, então tem muita coisa pra gente aprender com ele e também para nos preparamos para enfrenta-lo. Estou querendo muito enfrentar logo a Red tanto pelo Winged como também pelo Sky, que é outro sul-coreano, e toda a equipe em si que é muito boa, tem uma comissão técnica muito boa então acho que vai ser um jogo bem legal.”

Agora a paiN Gamin enfrenta a KaBuM no dia 28 de janeiro. Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 aqui no Mais e-Sports.

*Entrevista realizada por Evelyn Mackus, repórter do Mais E-Sports.

Veja também: Minerva explica pick de Evelynn e comenta série contra a RED Canids