TACO FER MIBR
TACO e fer durante o media day da ESL Pro League (Foto: MIBR)

A MIBR é a única sobrevivente brasileira das finais da 9ª temporada da ESL Pro League. A equipe comandada por Gabriel “FalleN” Toledo bateu a Luminosity Gaming e eliminou os conterrâneos da competição de US$ 600 mil.

O placar foi de 2 a 0, com 16-9 na Mirage e 16-13 na Dust2.

Confira a cobertura completa da ESL Pro League

Com a vitória, a MIBR segue vive no lower bracket do Grupo B, onde enfrentará a equipe derrotada do confronto entre FaZe Clan e North, às 7h desta quinta-feira. A Luminosity, por sua vez, se despede na 9-12ª posição, com US$ 15 mil.

Outra brasileira, a DETONA Gaming foi eliminada na última terça-feira, com duas derrotas em dois jogos.

O JOGO

Como CT na Mirage, a Luminosity começou fazendo três pontos e conseguindo a vantagem. A MIBR respondeu na sequência e contou com um FalleN inspirado para virar o jogo em 5-3.

A vantagem continuou ao lado da MIBR até o fim da primeira etapa, que terminou em 10-5 em favor da equipe.

A segunda metade começou com uma reação de Lucas “LUCAS1” Teles e companhia, que fizeram quatro pontos consecutivos e deixaram a vantagem em 9-10 em favor da MIBR. A equipe número dois do Brasil reagiu na sequência e quebrou o bom momento da LG. Com seis pontos consecutivos, a MIBR fechou o mapa em 16-9.

A Luminosity conseguiu repetir o bom desempenho do primeiro mapa no início da Dust2, sua escolha. A vantagem dessa vez foi de 4-0 antes de sofrer o primeiro ponto como CT – seguido de um grito de “entrega newba”, um clássico do Counter-Strike nacional, de coldzera.

O ponto não foi suficiente para recolocar a MIBR na partida e a Luminosity, abusando das execuções no bombsite A, foi para o intervalo com uma vantagem de de 11-4 no placar.

Na segunda etapa, a LG sofreu contra as execuções dos conterrâneos. Depois de fazer um ponto no primeiro armado, a equipe não foi apta a parar as execuções da MIBR, que não demorou para chegar no placar em 11-12.

O segundo ponto de Ricardo “boltz” Prass e seus comandados veio no 24º round, mas ainda não foi o suficiente para parar a MIBR – que virou o jogo em sequência, fazendo 16-13 e fechando a série em 2 a 0.