Depois de Marcelo “coldzera” David ter demonstrado desejo de sair da equipe, a MIBR oficializou nessa sexta-feira (12) que o jogador irá ao banco de reservas. A novidade foi revelada via Ricardo “Dead” Sinaglia, manager da equipe.

Coldzera revelou o desejo de sair da equipe depois da queda precoce do time na ESL One Cologne. Dead afirma que ainda discutiu com o jogador se essa era realmente a escolha que ele queria tomar.

“Conversamos algumas vezes, para termos a certeza de que esta seria a sua decisão. Ele nos ofereceu a possibilidade de jogar todos os campeonatos que ainda temos nessa temporada, e até mesmo o major, na próxima temporada”.

“Chegamos a conclusão que a fase que iremos viver será de reconstrução para o futuro, e que, quanto antes começarmos será melhor, não apenas para a nossa line up, e sim para o pensamento como equipe”, continuou.

Para os próximos torneios, o treinador Wilton “zews” Prado será quem atuará na equipe. A MIBR tem a BLAST Pro Series Los Angeles e a IEM Chicago no calendário, antes do início do major. Enquanto a BLAST LA terá início no próximo sábado (13), a IEM Chicago começará no dia 18 de julho.

Zews já atuou profissionalmente no CS:GO. Sua performance mais recente foi pela Immortals, em 2016. Desde então, ele só tem atuado como treinador, tendo passado somente pela Team Liquid antes de ir à MIBR.

Para o Starladder major, a organização falou que “ainda estamos averiguando nossas opções”. Para que zews atue no torneio, somente em “casos de emergência”, o que não se enquadra no desejo de saída do time, revelou a Starladder.