kNg, da INTZ, no minor americano do StarLadder Berlin Major (Foto: StarLadder)

Vito “kNg” Giuseppe superou seu maior adversário: o consulado norte-americano. O jogador da INTZ eSports finalmente teve seu visto de entrada nos Estados Unidos aprovado e – quase dois anos após problemas com a imigração -, pode voltar a competir no país.

A informação foi revelada pelo próprio kNg no Twitter. “Feliz demais de poder fazer o que eu amo… agora em qualquer lugar do mundo”, tuítou o awper.

Em contato com o Mais Esports, a INTZ confirmou que o visto obtido foi o P1 – destinado a atletas.

O documento era um obstáculo na carreira de kNg desde setembro de 2017, quando foi pego jogando pela Immortals com visto de turista. Na ocasião, o jogador permaneceu na imigração dos EUA por dois dias.

Ele e seus companheiros de INTZ estão morando no Canadá desde 2018. Em abril deste ano, o jogador não conseguiu atuar na 9ª temporada da ESL Pro League por conta dos problemas com a documentação.

O próximo compromisso de kNg e a INTZ é a repescagem da própria Pro League, que ainda não tem data confirmada. Mais tarde em agosto, a equipe disputará o StarLadder Berlin Major – o segundo mundial da carreira do awper.

CAMINHO ABERTO

Com o visto em mãos, kNg também fica mais próximo de atuar pela MIBR. De acordo com informação publicada pelo Dexerto e confirmada pelo Mais Esports, o jogador é o favorito para assumir a vaga deixada por Marcelo “coldzera” David.

O visto era o principal empecilho na negociação. Agora, com ele garantido, a MIBR deve iniciar as negociações com a INTZ pela transferência do awper. O negócio só deve ser concluído após o StarLadder Berlin Major.