Ladislav “GuardiaN” Kovács voltou a ser jogador da Natus Vincere, tendo deixado a FaZe Clan, depois de passar um pouco mais de dois anos defendendo a organização. A mudança foi revelada nessa sexta-feira (20).

GuardiaN já havia jogado pela Natus Vincere por quatro anos, de 2013 à 2017. No entanto, em agosto de 2017, deixou a equipe ucraniana para passar a atuar pela FaZe Clan. Dois anos depois, o jogador faz o movimento inverso e voltará a vestir a camisa da Na’Vi.

O jogador de 28 anos entra no lugar de Danylo “Zeus” Teslenko, que revelou recentemente sua aposentadoria. Enquanto estava na FaZe, conquistou títulos grandes como o da ESL One Belo Horizonte 2018 e o ELEAGUE CS:GO Invitational 2018.

O eslovaco começou sua carreira no CS Source, em 2009. Em 2012, passou a jogar profissionalmente no CS:GO. Além da Na’Vi e FaZe, defendeu a Virtus.pro, outra grande organização do cenário internacional.

Antes de perder GuardiaN, a FaZe deu adeus à Filip “NEO” Kubski, depois do jogador passar aproximadamente quatro meses na organização. Com isso, são duas vagas em aberto na equipe europeia.