A FURIA é a melhor equipe brasileira de CS:GO no mundo, pelo menos no ranking da HLTV. Após as ótimas performances na DreamHack Masters Dallas e na ECS Season 7 Finals, os panteras subiram para a quinta posição da tabela, passando a MIBR, que caiu para o décimo primeiro lugar. Essa é a primeira vez desde que o ranking foi criado que Gabriel “FalleN” Toledo e companhia não aparecem como time nacional mais bem colocado.

Com o terceiro lugar na DreamHack Masters Dallas e a vice-colocação na ECS Season 7 Finals, a FURIA, que agora conta com 451 pontos, pulou seis posições para alcançar o top 5 mundial. Só estão na frente dos panteras os norte-americanos da Team Liquid e os europeus da Astralis, ENCE e Vitality.

Já a MIBR perde o posto de melhor equipe brasileira pela primeira vez desde que o ranking foi criado, em outubro de 2015. A performance ruim de de Marcelo “coldzera” David e seus companheiros nas finais da ECS Season 7 – onde ficaram na última colocação – fez com que o time caísse para décimo primeiro lugar, três posições abaixo da semana anterior e com somente 321 pontos.

A única equipe que havia chegado perto de desbancar a MIBR – na época SK Gaming – foi a Immortals, que após o vice do PGL Major Kraków 2017 assumiu a quarta colocação do ranking, porém o time de Fernando “fer” Alvarenga era na época o melhor do mundo e ocupava o topo do ranking.

Os próximos compromissos presencias da FURIA serão a Moche XL Esports, em Lisboa, e a ESL One Cologne, na Alemanha. Além disso os panteras também têm pela frente o qualificatório norte-americano para o minor das Américas do StarLadder major Berlim.

Enquanto isso, a MIBR se prepara para a ESL Pro League Season 9 Finals, na França, torneio que também contará com a presença das brasileiras Luminosity Gaming e DETONA.