A Griffin, time de Jeong “Chovy” Ji-Hoon, se mostrou a grande surpresa deste Split na LCK e está na final do torneio, onde irá enfrentar a KT Rolster.

A equipe terminou a fase regular do torneio na segunda colocação, e na semifinal, venceu a Afreeca Freecs por 3-2. A equipe subiu da segunda divisão sul-coreana e fez uma fase regular incrível, onde permaneceu líder por muitas rodadas.

Em entrevista ao site Inven, Chovy, mid laner, comentou sobre a série contra a Afreeca Freecs e também sobre o confronto na final contra a KT. Confira:

Embora tenha sido o primeiro Split na LCK para você e sua equipe, vocês chegaram nas finais. Como está se sentindo?
Tivemos muitas crises durante a fase regular mas fico feliz que fomos capazes de superar todas elas.

Como foi a experiência de jogar pela primeira vez uma MD5 (melhor de cinco) na LCK?
Foi cansativo fisicamente e mentalmente. Eu também estou com muita fome. (Risos)

Vocês ficaram um bom tempo sem jogar desde a final da fase regular. Como foi a preparação para os jogos de hoje?
Durante os treinos em equipe nos concentramos em desenvolver nossa sinergia. Durante o treino pessoal, concentrei-me nos fundamentos básicos, como os 1 vs 1 e jogadas situacionais.

Foto: FOMOS

A Griffin ganhou através de suas jogadas de Orianna. Quais são os prós e contras de ter um Orianna como seu midlaner?
Orianna é uma campeã que desmorona quando você não joga bem com ela, mas ela também é uma campeã que pode esmagar completamente seu oponente se jogada perfeitamente. Nas mãos certas, acho que ela é a melhor campeã.

Ao conseguir aquele Shockwave em quatro pessoas na luta final do jogo 5, como seus colegas de equipe reagiram?
A atmosfera da equipe ficou ruim quando o Barão foi roubado… Mas quando eu consegui o Shockwave, todo mundo começou a fazer chamadas e jogadas agressivas.

Você poderia dar algumas dicas aos fãs de como conseguir uma boa ult com a Orianna?
Acertar antes o seu Q no inimigo garantirá quase sempre um Shockwave bem sucedido. Mesmo se você não conseguir acertar seu Q, se você ficar de olho na bola e calcular o alcance do Shockwave corretamente, você pode conseguir, mas isso é só se você tiver muita experiência no campeão. Simplificando, você tem que ser bom em manter sua distância e calcular corretamente o alcance de suas habilidades.

Você agora enfrentará o KT Rolster nas finais do LCK. Olhando para os jogos anteriores, sua equipe tem um histórico ruim contra eles. Quão confiante você está?
Desta vez, nossa equipe estará mais bem preparada. Estou confiante.

Há alguma coisa que você queira dizer para o Ucal, o midlaner que você enfrentará nas finais?
Ele me matou durante a temporada regular. Desta vez, eu vou ser o único a puni-lo. (Risos)

Alguma coisa que você queira dizer sobre a classificação final e Mundial?
Vamos nos preparar bem para a KT, vencer e nos classificarmos para o Mundial. Vamos nos preparar tão bem que vamos ganhar, não importa o que aconteça.

A entrevista teve sua tradução para o português feito pelo Mais e-Sports. Confira a nossa cobertura completa da LCK 2018 aqui.