A surpreendente Team One está na grande final do 2º split do CBLoL 2017! A equipe sensação da competição conquistou sua vaga na final ao vencer neste domingo (20), de virada, por 3 jogos a 2, a badalada Red Canids, que havia feito um bootcamp de três semanas na Suécia para esta semifinal.

Com a vitória, a Team One terá pela frente a paiN Gaming que no último sábado (19) venceu a INTZ na outra semifinal da competição. A grande final do 2º split do CBLoL 2017 será disputada no dia 2 de setembro, no ginásio do Mineirinho em Belo Horizonte (MG).

Red Canids dominante

A primeira partida entre Red Canids e Team One começou com uma rotação muito superior por parte da matilha. Com um jogo envolvente, a Red conseguiu não só o First Blood, mas também o first brick e a segunda torre do jogo, ganhando assim muito espaço no mapa, enquanto a Team One não conseguia se encontrar na partida.

O domínio da Red Canids na partida era tão grande que na marca dos 21 minutos de partida, já tinha uma vantagem superior a 10 mil de ouro. Aproveitando a vantagem no mapa, o time de tockers e companhia fez o Barão e com o seu buff simplesmente avançou rumo a base da Team One que nada pode fazer a não ser perder mais uma teamfight e ver seu Nexus ser destruído aos 25 minutos de jogo. 1 a 0 Red Canids.

Team One se encontra e empata a série!

No segundo jogo da série, a Team One mostrou um jogo totalmente diferente do que apresentou na primeira partida e com isso conseguiu equiparar forças com a Red Canids durante o early game. No entanto, no decorrer do confronto, a matilha passou a conseguir bons pickoffs e com isso conseguiam espaço para conquistar os objetivos e também visão de mapa.

No entanto, as rotações da Team One eram melhores e isso ficou muito claro aos 24 minutos de partida, quando 4LaN, Redbert e vvert fizeram um grande trabalho ao envolver toda a equipe da Red Canids próxima ao covil do Dragão, enquanto Brucer com seu Corki e Absolut com sua Tristana levaram as T2 do bot e da top lane.

Logo em seguida, a Team One interrompeu o Barão que estava sendo feito pela Red Canids, abateu três adversários e acabou ficando com o objetivo. Com o buff do Barão nas mãos, o time de Brucer e companhia marchou rumo à base da Red e conseguiu destruir as torres e inibidores das rotas do top e do bot.

Com super minions no top e na bot lane, a Team One apenas pressionou a Red Canids no mid e aproveitou de um bom engage por parte do Alistar de Redbert para conseguir o espaço necessário para focar o Nexus, coloca-lo no chão, conseguindo assim a vitória e deixando tudo igual na série. 1 a 1.

Absolut decide e Team One vira a série!

Na terceira partida da série, o jogo começou quente com uma tentativa de gank triplo da Team One com vvert (Jarvan), Marf (Taliyah) e 4LaN (Rek’Sai) para cima do Cho’Gath de Robo logo aos 3 minutos. No entanto, apesar de terem abatido o top laner da Red Canids, o gank deu errado para a Team One que acabou sofrendo o first blood e gastou os Flashes de Marf e 4LaN, o que acabou complicando a vida do mid laner contra o Lucian de tockers, onde virou alvo fácil para os ganks de Nappon com seu Gragas.

Depois da condição adversa inicial, a Team One novamente se encontrou. Com vários pickoffs e teamfights favoráveis, o Twitch de Absolut conseguiu 4 abates antes dos 12 minutos de partida e com as torres destruídas, adiantaram muito o potencial do campeão.

Aos 20 minutos de partida, a Team One respondeu muito bem o engage da Red Canids e um grande ultimate da Taliyah de Marf, impediu que a matilha conseguisse abater o Twitch e o Braum adversários e de quebra ainda foram capazes de eliminar o Lucian de tockers e o Cho’Gath de Robo.

Quando a Red Canids parecia que ia voltar na partida depois de uma teamfight favorável na top lane que resultou na destruição da T2 daquela lane da Team One, o time de 4LaN respondeu a altura. Com uma ótima iniciação, a Team One conseguiu abater 4 adversários e com isso o espaço necessário para fazer o Barão e abrir caminho para o GG.

Logo após uma tentativa de derrubar o Nexus frustrada por muito pouco, era questão de tempo para que a Team One conseguisse a vitória. E ela veio depois de mais uma teamfight favorável, onde apesar da Red Canids ter conseguido abater rapidamente o Twitch de Absolut, não conseguiu eliminar o restante do time adversário que colocou o Nexus no chão, vencendo a partida e colocando 2 a 1 na série para a Team One.

brTT entra, resolve e empate a série

No quarto jogo da série, a Red Canids veio com Felipe “brTT” Gonçalves no lugar de Gustavo “SacyR” Rossi e apostou na clássica composição “Protect the Kog”. Sabendo disso, a Team One focou suas atenções para a bot lane, tentando impedir o crescimento do AD Carry adversário, mas acabou vacilando e dando muito espaço para o restante do time adversário.

Foi o que aconteceu quando três jogadores da Team One tentaram abater brTT e rhuckz na bot lane e enquanto o AD carry da Red Canids ganhava tempo, Robo (Trundle), tockers (Lucian) e Nappon (Gragas) destruíram as duas torres da mid lane da Team One, que nada pode fazer a não ser assistir suas estruturas irem ao chão.

A partir da vantagem obtida, a Red Canids passou a rodar muito melhor o mapa, impedindo que a Team One gostasse do jogo. Com ótimas tomadas de decisão, a matilha ia se sobressaindo a cada teamfight, como a que acontece aos 21 minutos, onde depois de conseguir dois abates, a Red abriu caminho para o Barão e assim encaminhou a partida.

Depois de abrir os inibidores do mid e da bot lane, era questão de tempo para que a Red Canids buscasse o empate da série. Ao invadir a base adversária, brTT e seu time foram destruindo as estruturas restantes do time adversário, enquanto a Team One até que tentou uma última teamfight, mas não foi capaz de impedir a derrota. Tudo igual na série.

 

O jogo decisivo da série começou com o Blitzcrank de Redbert muito agressivo na bot lane, utilizando do seu Flash para forçar o mesmo feitiço Jhin de brTT logo nos primeiros momentos da partida. A primeira teamfight do confronto aconteceu enquanto a Team One fazia o primeiro Dragão Infernal e apesar de ter conseguido o objetivo perdeu dois jogadores, depois de um bom engage por parte da Red Canids, principalmente depois do bom ult da Orianna de tockers, que pegou em três jogadores adversários e acabou dando o first blood nas mãos de brTT.

Parecia replay, mas desta vez a teamfight por um Dragão Infernal foi favorável à Team One, onde apesar da briga ter se equiparado em abates (3 a 3), o time de 4LaN e companhia acabou garantindo seu segundo bônus na partida e ainda deu dois abates nas mãos da Cassiopeia de Marf.

Aos 21 minutos de partida, a Team One com uma ótima chamada fez o Barão rapidamente, enquanto a Red Canids nada pode fazer, apenas assistir os jogadores adversários voltarem para a base com o buff nas mãos. No entanto, o grande trabalho de defesa da Red fez com que a One não conseguisse aproveitar o buff, conseguindo derrubar apenas uma T2.

Sumido na partida até os 27 minutos, o Blitzcrank de Redbert finalmente apareceu no jogo decisivo. Com um Flash agressivo e um grab que conectou em cima do Jhin de brTT, o suporte da Team One abriu caminho para dois pickoffs que resultaram no segundo Barão do jogo para o seu time. Após conquistarem o objetivo, o jogador da Team One ainda finalizou a teamfight com mais um puxão que resultou na morte da Orianna de tockers.

Com a vantagem nas mãos, a Team One pressionava a Red Canids e depois de uma grande teamfight que começou na iniciação do Blitzcrank de Redbert, Absolut conseguiu um Triple Kill com seu Varus e com apenas dois jogadores vivos, a matilha nada pode fazer a não ser assistir a Team One destruir o Nexus e cravar seu lugar na grande final do CBLoL em Belo Horizonte.