O jogador Shern “Shernfire” Tai, atual caçador da Dire Wolves, recebeu um banimento de duas semanas do competitivo após ser reportado por comportamento tóxico nas filas ranqueadas coreanas.

A equipe estava na Coreia do Sul fazendo um bootcamp para a temporada 2018 da OPL, onde vai fazer o jogo de abertura da liga, quando o jogador começou a ter um mal comportamento nas filas ranqueadas da região. Após ser reportado e investigado pela comissão da OPL, concluiu-se o inquérito sobre o jogador, que não vai poder jogar as duas primeiras semanas da competição por cometer os delitos do artigo 5.1 do regulamento da OPL.

Artigo 5.1 – Comportamento Negativo

Transmitir ou comunicar qualquer conteúdo que se considere ofensivo, incluindo linguagem ilegal, prejudicial, ameaçadora, abusiva, hostis, difamatória, vulgar, obscena, sexualmente explícita ou racial, eticamente ou de outra forma censurável.

Nos últimos meses os jogadores MLXG, WhiteLotus, Khan e até o brasileiro Vash também foram banidos por comportamentos tóxicos nas filas ranqueadas. Alguns desses tomaram banimentos mais pesados com temporadas inteiras fora do competitivo e até multas em dinheiro devido a gravidade e incidência dos comportamentos.

A OPL volta no dia 20 de janeiro e pode ser acompanhada nos canais oficiais de transmissão da Riot Games.

Loading...