O top laner da SKT, Huni, concedeu entrevistas após o jogo para as transmissões da Riot Games. A equipe sul-coreana venceu com muitas dificuldades o seed 2 da Europa, a Misfits.

Foto: Transmissão Riot Games

Sjokz: Você esperava que essa série fosse tão difícil?
Huni: Nossos treinos não estavam indo tão bem, então já esperávamos uma série difícil – mas não o tanto que foi. Além disso, eu sabia que a Misfits era um time muito bom. Cada jogador é bem decente jogando em torno de seus power spikes. Teve várias composições novas, como a Leona. Não esperávamos esses picks. Foi uma série difícil.

Sjokz: Qual foi o seu maior desafio? Esse desafio veio de vocês ou da Misfits?
Huni: A série de hoje foi a mais difícil que eu joguei em minha carreira. Eles são muito bons e nós precisamos praticar mais.

Sjokz: O que vocês vão fazer agora para ter certeza que continuaram focados?
Huni: Bem, nosso principal objetivo é vencer o Mundial. E sim, nós precisamos de praticar muito mais para conseguir isso. Nós aprendemos muito com essa quarta de final. Em alguns pontos da série, eles foram melhores que nós. Então, precisamos praticar.

Foto: Transmissão Riot Games Brasil

O jogador também conversou com Melão13 durante a transmissão brasileira.

Melão13: Misfits esteve na frente de vocês por 2-1. Conte-nos, como você e seus companheiros mantiveram o foco?
Huni: Nós nunca desistimos. Acreditamos em nós mesmos. Nós continuamos pensamos que conseguiríamos dar a volta. A Misfits é um bom time, mas nós não somos o pior time, então eu sabia que a gente teria chance de vencer.

Melão13: Essa foi a segunda vez que um time ocidental levou a SKT para um jogo 5. E na primeira vez que aconteceu, você esta contra a SKT jogando pela Fnatic. Tem como falar sobre a coincidência?
Huni: Eu era da Fnatic em 2015 e estávamos contra a SKT, eu acho que você pode colocar que nós eramos parecidos com a Misfits. A Europa vs SKT é simplesmente, “WOW”. Pelo menos conseguimos a vitória e agora precisamos treinar mais. A Misfits é um ótimo time.