Durante a transmissão do jogo entre Redemption e Uppercut pela sexta rodada do CBLOL 2019, a Riot Games acabou vazando estratégias e anotações do treinador Luis “Piroxz” Chavez.

A imagem da transmissão recebeu uma leve edição para proteger as informações do treinador da Redemption.

No caderno do treinador, era possível ler anotações sobre os picks e bans, prioridades da equipe e mais informações da RDP.

Opinião do treinador

Piroxz chegou a responder Gabriel “Von” Barbosa, treinador do Flamengo, em um Tweet onde desabafou:” Já tinha um precedente.”

Recentemente, a Riot sul-coreana cometeu o mesmo erro no primeiro jogo de 2019 da LCK durante a série entre SKT e Jin Air Green Wings. O portal Inven noticiou que a Riot sul-coreana enviou um pedido de desculpas ao treinador e prometeu que a situação não iria se repetir.

No Brasil já é comum a reclamação de treinadores e jogadores pelo áudio aberto durante parte do Draft das equipes, algo que só é praticado nesta região.

Pronunciamento da Riot Games

O Mais e-Sports entrou em contato com a empresa que se pronunciou sobre o ocorrido, confira abaixo:

“A Riot Games reconhece o erro e afirma que já entrou em contato com a organização para pedir desculpas pelo ocorrido. A empresa reafirma o compromisso com a integridade da competição e reitera que vai revisar os procedimentos de produção.”