A segunda série do dia tem times em situações parecidas com as situações da TShow e Team oNe, que jogaram a primeira série. A CNB vem de 3 derrotas seguidas, não conseguindo nenhum ponto no CBLOL até agora, e a Red Canids vem de uma derrota bastante preocupante na ultima semana para a INTZ.

A Red Canids começou a série com o Rhuckz como suporte no lugar de Dioud, enquanto que a CNB veio com varias mudanças: Vash como caçador, Tinowns volta como titular para o meio, e Visdom estreia como suporte da equipe.

Sem chances para os Blumers

No Draft da primeira partida, a Red Canids consegue escolher um ótimo combo para a bot lane com Kalista e Shen. Já a CNB tenta surpreender com o pick de Sion suporte.

No início da partida, Nappon consegue ser mais ativo que Vash e garante abates no topo em cima do Renekton do Lep.

Pouco a pouco a Red Canids ia conseguindo mais vantagem sobre a CNB, abusando bastante de uma boa movimentação, a matilha ia ganhando cada vez mais mapa e assim acuando os blumers.

A Red Canids ia se movimentando melhor pelo jogo e garantindo vantagem pouco a pouco, tanto em mapa quanto em ouro. Aos 28 minutos a Matilha garante o primeiro Barão da partida e também um ace em cima da CNB.

O Shen de Rhuckz estava sempre preparado para ajudar o Robo no 1×1 contra o Lep, não deixando com que o Renekton conseguisse colocar toda sua pressão no jogo. Com o buff do Barão em mãos, a Red Canids consegue entrar na base da CNB e assim ficar com o jogo em mãos.

Aos 36 minutos a Matilha consegue seu segundo Barão na partida, e em uma luta que parecia melhor para os Blumers, a Red Canids consegue quatro abates e assim a finalização do jogo, abrindo a série com vitória pra cima da CNB.

Nem a famosa Fiora do Lep segurou a Matilha.

A CNB resolve utilizar uma tática já conhecida deles e de toda a torcida: A famosa Fiora do Lep. O splitpush do top laner é a grande aposta dos blumers para conseguir o empate da série.

A Red Canids resolve assegurar novamente a Kalista para o brTT, o Jarvan para o Robo e Gragas para o Nappon. O Shen acabou sendo banido pela CNB, visto que é uma grande força para ajudar a parar o splitpush da Fiora.

Diferente da primeira partida, dessa vez foi o Vash quem começou ditando o ritmo do jogo sempre com bons ganks e começando a estabelecer vantagem para o seu time, principalmente para a Fiora que seria a grande carregadora da partida. Após 2 abates nas mãos de Lep, Robo simplesmente não conseguia aguentar mais o 1×1.

Aos 21 minutos de partida, a vantagem de 2 mil de ouro era da CNB, mas a equipe ainda buscava maneiras de conseguir aumentar a vantagem. Mesmo com um bom splitpush nas mãos de Lep, a luta em grupo da matilha era extremamente superior.

Aos 25 minutos de jogo as equipes trocam objetivos. Barão para a matilha e a torre de inibidor da bot lane é derrubada por Lep. A Fiora conseguiu muita pressão na lane mas o inibidor ficou de pé e a vantagem foi da matilha.

Aos 32 minutos de partida, a Red Canids mantinha vantagem em ouro, porém de apenas 2 mil. O jogo continuava morno. Enquanto a matilha queria encaixar uma luta em grupo que era o seu ponto forte, a CNB continuava insistindo no splitpush da Fiora.

Depois de conseguir o segundo Barão da partida, a Red Canids parte para a base dos blumers e mostra todo seu potencial de lutas, conseguindo um ace e finalizando a partida aos 34 minutos.

O resultado faz com que a CNB permaneça na lanterna juntamente com a TShow, onde ambas as equipes não conseguiram pontuar ainda. Você pode acompanhar a cobertura completa do CBLOL 2017 com tabelas, datas e horarios, runas e talentos, replays e muito mais aqui no Mais e-Sports.