A Red Canids publicou na noite desta quinta-feira (27), em sua página no Facebook, um comunicado oficial sobre a punição sofrida por Felipe “YoDa” Noronha. Na publicação, a organização e também YoDa repudiam qualquer e todo tipo de racismo e xenofobia, no entanto, a brincadeira do jogador no Twitter teve consequências e não se repetirá novamente.

Ainda de acordo com o comunicado, a Red Canids acatou a decisão tomada pela Riot Games e reforçou que isso não voltará a acontecer. Vale a pena lembrar que YoDa ficará de fora das três primeiras partidas da organização no MSI, contra Dire Wolves, Rampage e SuperMassive.

Confira o comunicado oficial da Red Canids na íntegra:

COMUNICADO OFICIAL:

Nós, da RED Canids, e também o Felipe “Yoda” Noronha, repudiamos qualquer e todo tipo de racismo e xenofobia.

Não temos controle sobre o que os nossos jogadores falam em suas redes sociais, mas tenham certeza absoluta que em momento algum nosso jogador teve qualquer intenção de ofender ou prejudicar alguém com seu Tweet.

Foi uma brincadeira, mas que houve consequências e não irá se repetir. Não tiramos, em momento algum, a razão da Riot, e aceitamos a decisão tomada.

Nosso jogador entende também, que ele representa um prol maior nesse momento, ele está representando um país, e fará de tudo para se retificar e se desculpar perante seus atos.

Atenciosamente,

Felippe Corradini

CEO – RED Canids