O argentino Nicolas “NikoM” Miozzi deixou o elenco de Counter-Strike: Global Offensive da Team One por um pedido pessoal. O jogador vinha defendendo a organização desde junho de 2018.

Em nota, a T1 afirmou que o jogador “solicitou o afastamento durante o planejamento da temporada de 2019”. A organização aceitou o pedido do argentino, e ainda não definiu quem será seu substituto.

“Sigo no Brasil, buscando neste momento a melhor opção de substituição para ele”, afirmou Alexandre “kakavel” Peres, CEO da T1.

“O NikoM fez parte de um momento importante para nossa organização, que foi mudar e estabelecer o time fora do país. Respeitamos este pedido de afastamento, dando apoio para suas decisões” completou kakavel.

Com 21 anos, a equipe dourada foi a segunda pela qual NikoM passou. Em junho de 2017, o jogador começou sua carreira profissional na argentina Isurus Gaming. Pela T1, NikoM não conquistou grandes títulos. Seu último torneio presencial foi o qualificatório para a IEM Katowice, onde foram eliminados para a Team Envy, ficando com a 5°/6° posição.