A classificação da paiN Gaming no torneio feminino de Counter-Strike: Global Offensive da WESG 2018 ficou por um triz. Com uma vitória, um empate e uma derrota, a equipe acabou eliminada no Grupo A por conta do saldo de rounds.

Foram quatro pontos conquistados pela paiN: derrota para Counter Logic Gaming Red, vitória contra TyLoo e empate diante da Carnage.

Os pontos, porém, não foram os suficientes. No saldo de rounds, primeiro critério de desempate, a paiN acabou perdendo a segunda colocação justamente para a Carnage. Enquanto as brasileiras tiveram saldo de -7, as australianas ficaram com -4.

Com a eliminação precoce, a paiN não fatura premiação. A competição vai até o domingo e distribuirá US$ 105 mil.

No torneio masculino, a MIBR segue viva enquanto a Imperial e-Sports também já disse adeus.

A CAMPANHA

No primeiro jogo do campeonato, Juliana “showliana” Maransaldi e suas comandadas estrearam perdendo para as favoritas da CLG Red. A equipe norte-americana fez 2 a 0, com 16-4 na Train e 16-13 na Cache.

Na sequência, a paiN se redimiu com uma vitória por 2 a 0 diante da TyLoo, com 16-13 na Inferno e 16-1 na Mirage.

Fechando a fase de grupos, as brasileiras conseguiram o empate diante da Carnage. Depois de perder a Cache por 2-16, a equipe fez 16-12 para garantir o empate.