- Publicidade -

A Pain Gaming cravou a bandeira do Brasil no topo do cenário mundial de DotA 2. Com uma campanha inédita e com direito a eliminação da campeã do International, a equipe passou da fase de grupos e das quartas de finais da ESL One Birmingham, caindo apenas para a invicta Virtus.pro nas semifinais. Nesse sábado (27), a Pain disputou o terceiro lugar com a Fnatic, conquistando o lugar no pódio em uma virada de 2 a 1.

O campeonato Major contou com mais 11 dos melhores times do mundo — 6 convidados diretamente e 6 classificados por torneios regionais. A premiação total foi de US$1 milhão, e a colocação da equipe brasileira garantiu a eles US$100 mil, o equivalente a R$360 mil. O time campeão, que será definido em uma série md5 entre Virtus.pro e Optic Gaming às 11h, levará US$500 mil.

Equipe da Pain Gaming na ESL One Birmingham, de Dota 2 (Foto: Reprodução/ESL)

Pain Gaming
William “hFn” Medeiros
Otávio “Tavo” Gabriel
Danylo “KINGRD” Nascimento
Heitor “Duster” Pereira
Aliwi “w33” Omar