Já sentíamos na pele que GOATS estaria presente na volta da Overwatch League em 2019. Os fãs teorizaram, sonharam e até hoje imaginam um mundo sem essa sigla; mas nada que acontecesse evitaria a composição de três tanques e três suportes aparecendo constantemente na estreia da nova temporada do mais prestigiado campeonato da Blizzard. E foi assim que aconteceu — mas calma que nem tudo foi resumido a tiros de Lúcio, porradas de Brigitte e bombas da D.va.

Antes de mais nada, o cenário brasileiro não poderia acompanhar mais atentamente essa estreia: afinal ninguém menos que Renan “alemao” Moretto, campeão de várias etapas da Overwatch Contenders South America, marcou a chegada um brasileiro “raiz” nos palcos da liga oficial. Ao lado da Boston Uprising e com um início de respeito, o mestre de Lúcio forçou a única vitória da equipe no confronto contra a New York Excelsior.

É claro que surpresas estiveram ali, marcando a criatividade de estratégias e tentando pegar um ou outro time fora de preparo. Seoul Dynasty trouxe uma Ashe para queimar barras de vida em Illios e a Atlanta Reign fez questão de usar Torbjörn no mesmo mapa. Reaper e Pharah tiveram aparições mais constantes e até uma Symmetra apareceu pela Los Angeles Gladiators em King’s Row, mas muitos mapas ainda não favoreciam algo além da briga incansável e definida por supremas que já conhecemos.

Afinal, o próprio Felipe “Tonello” Souza já nos contou algumas vezes como funciona a dinâmica e as vantagens dessa composição tão forte no metagame atual de Overwatch.

Resultados da semana

Se as composições não surpreenderam, alguns resultados e equipes com certeza fizeram isso. A estreia já foi uma chuva de emoções, afinal a própria Philadelphia Fusion refez a final do ano passado contra a London Spitfire e fechou um belo três a um contra os atuais campeões.

E, falando neles, estão no fundo da tabela ao lado de ninguém menos que a já conhecida Shanghai Dragons. Um início complicado para uma das equipes mais estáveis da temporada passada.

Os times estreantes tiveram bons resultados no geral: Hangzhou Spark sai com duas vitórias enquanto Toronto Defiant, Atlanta Reign e a própria Paris Eternal marcam pontos importantes contra times já estabelecidos da liga. Há espaço para que todos eles cresçam principalmente nas próximas semanas com mais confrontos entre novatos e veteranos.

Eis a tabela após os confrontos dessa semana.

Vale a pena lembrar que, diferente dos demais torneios, há uma divisão “regional” entre as equipes. O primeiro colocado em cada divisão (Atlântico/Pacífico) garante a sua vaga nos playoffs de cada fase, enquanto os seis times com a melhor colocação na tabela geral seguem para abocanhar as vagas restantes.

A Overwatch League continua na próxima quinta-feira (21) com mais partidas e a sequência da ação. Com tanto material nessa semana de estreia, a esperança é que agora os jogadores e as comissões técnicas tragam algumas cartas na manga e alguns truques à la Gladiators para enfrentar essa fortaleza formada por cinco letras.