ESL Pro League terá mudanças de formato na próxima temporada (Foto: Reprodução/ESL)

Na úlltima terça-feira (18), a principal liga mundial de CS:GO, a ESL Pro League, anunciou mudanças no seu formato para as regiões norte-americana e europeia. No antigo modelo, 14 equipes da EU e 12 da NA disputavam um qualificatório online, em um formato de pontos corridos, onde os 7 mais bem colocados da Europa e os 6 da América do Norte avançavam para as finais presenciais.

Com as mudanças, a ESL encerrou o qualificatório online, e preferiu que todas as partidas fossem disputadas em LAN, em um estúdio construído pela própria organizadora. Para que isso fosse possível, outras mudanças tiveram que ser feitas, e o número de participantes da liga também foram mudados de 14 na EU e 12 na NA para 16 em ambas.

As 16 equipes de cada região serão colocadas em 4 grupos com 4 participantes cada, onde o primeiro colocado avançara diretamente para as finais da ESL Pro League, enquanto os segundos e terceiros colocados passarão para a segunda fase do qualificatório, e o último colocado será eliminado.

Mudanças na ESL Pro League de CSGO (Foto: Reprodução/ESL)

Na segunda fase, as equipes que ficaram em e nos grupos da primeira fase formarão dois novos grupo de 4 participantes. Pela região europeia, os 2 mais bem colocados desses novos grupos avançam para as finais da ESL Pro League, totalizando 8 vagas, enquanto que pela América do Norte, somente o primeiro avança para as finais, totalizando 6 vagas. As outras 2 vagas ficam com as regiões da Ásia-Pacifico, disputadas de forma separada.

Outra grande mudança foi em relação a classificação das equipes da América Latina, que agora serão integradas a América do Norte, formando uma única grande região. Um dos 4 grupos que as 16 equipes serão colocadas contará exclusivamente com equipes latino-americanas, e o vencedor desse grupo se classificará diretamente para as finais da ESL Pro League. Caso as duas equipes que ficaram em segundo e terceiro desse grupo consigam vencer a segunda fase, a região poderá contar com até 3 equipes na grande final presencial.

Outros anúncios menores foram a divulgação da data de inicio do torneio, que será em 12 de abril de 2019, e que a duração do qualificatório diminuirá para um mês, buscando diminuir a sobrecarga sobre os jogadores.

A ESL ainda disponibilizou um vídeo em seu Twitter oficial, explicando, em inglês, as mudanças de forma mais detalhada:

Veja também: Astralis vence Na’Vi e é campeã da BLAST Pro Series Lisboa