Após definir a última equipe participante – os Ninjas in Pyjamas -, a World Electronic Esports Games (WESG) divulgou nessa segunda-feira (25) a divisão dos grupos do torneio que será disputado entre os dias 11 e 17 de março, na China.

Serão 32 equipes em busca do título, sendo duas brasileiras: o MIBR e a Imperial e-Sports. Enquanto o time de Marcelo “coldzera” David foi convidada para participar do campeonato, a Imperial garantiu sua classificação ao vencer a WESG Brasil, tendo vencido a final contra a Sharks Esports por 2-0.

A premiação total será de 850 mil dólares. O campeão receberá 500 mil, e o restante será dividido pelas outras equipes participantes. A fase de grupos, disputada nos dias 11 e 12 de março, não contará com torcida presente. Já as partidas dos playoffs serão jogadas entre os dias 13 e 17 do mesmo mês na Chonqging Olympic Sports Center, arena com capacidade total para 58.670 pessoas.

Confira os grupos do torneio:

Grupo A

 Grupo B

Grupo C

Grupo D

NiP Valiance MIBR Furious
G2 NASR AGO FrostFire
Singularity OpTic K23 Absolute
Revolution Denial Isurus MVP PK

 

Grupo E

Grupo F

Grupo G

Grupo H

fnatic Panda 5POWER Alpha Red
ENCE Imperial BTRG.HK Chiefs
Windigo Russia TNC Viva Algeria
Movistar Riders Wardell N Friends Team1 Altima

 

Essa divisão foi criticada por jogadores. Aleksi “allu” Jalli, AWPER da ENCE, equipe classificada para os playoffs da IEM Katowice, questionou ironicamente em seu Twitter se os grupos eram um bug.

O motivo da reclamação se dá pela discrepância entre a qualidade dos times em cada grupo. No grupo E, contam equipes mais experientes e de maior qualidade, enquanto no Grupo H somente times sem muita expressão.

Os brasileiros do MIBR são, atualmente, a equipe mais forte no torneio. No entanto, na edição passada da WESG, ainda representando a SK Gaming, perderam para a BIG e para a Team Russia, sendo eliminados já na fase de grupos.