Conversamos com Vicenzzo Mandetta, manager da RED Canids Corinthians. Ele contou ao Mais e-Sports sobre a decisão da organização em colocar a psicóloga Alessandra Dutra no palco durante o Draft contra a Team One.

Recentemente, a organização anunciou a demissão dos treinadores Lee “Icarus” In-cheol e Ram “Brokenshard” Djemal. Confira a entrevista com o manager da equipe:

Se inscreva no canal do Mais e-Sports e não perca os próximos vídeos:

Como foi a decisão de colocar a Alessandra no palco contra a Team One?

“Ela já está há um bom tempo conosco. Ela já faz um ótimo trabalho como psicóloga, é uma das melhores do país. E quando nós nos vimos nessa situação, a gente decidiu manter ela por ela conhecer os meninos e trabalhar todo esse lado mental, o que estávamos precisando no momento. Acabou dando tudo certo.”

Vocês já tem algum head coach no radar para a matilha?

“A gente não está pensando nisso. Pensamos de semana em semana. A Ale foi fundamental nesse jogo contra a Team One, ela preparou muito bem os meninos. Agora que nós vencemos, vamos pensar nisso, procurar um head coach e anunciar até essa semana.”

Vocês pensam em ter uma comissão técnica mais simples com apenas um membro igual a da Team One?

“Não nos espelhamos em nenhuma organização para fazer o nosso. Tivemos uma experiência ruim com os dois treinadores. Agora estamos procurando outro, possivelmente vamos manter só ele, possivelmente um analista de fora, algo nesse sentido.”

A Alessandra vai continuar no palco?

“Pensamos de semana em semana. A atuação da Ale foi fundamental essa semana. Vamos pensar em procurar algo. Caso a gente encontre um nome que agrade a todos nós vamos trazê-lo. Caso a gente não consiga encontrar, vamos manter a Ale.”

Como foi essa questão de colocar a tradutora no palco?

“A nossa tradutora, a Ga, ela vai cinco dias da semana. Ela fica lá das 13h às 20h. Ela ajuda muito a gente em toda reunião de time, toda conversa que os jogadores querem ter com os coreanos ela passa para eles. Estamos com ela já tem um tempo. Sobre ela estar no palco, nós ficamos sabendo, a Riot falou para a gente que ela poderia estar. Na hora do Draft é fundamental para que facilite essa comunicação entre os brasileiros e os coreanos. E a gente pode ver que o resultado fluiu muito mais.”

Como foram as preparações no carnaval após a demissão dos treinadores?

“Na preparação dessa semana nós treinamos muito. Partiu dos próprios jogadores não folgarem no Carnaval. Todos estavam muito focados, o comprometimento deles foi absurdo. Todo o mérito dessa vitória é deles, pelo comprometimento deles. Todos os jogadores têm um entendimento do game e tudo mais. Todos conversaram e chegaram em um consenso. O resultado ta aí.”

Estão satisfeitos com a performance da RED Canids Corinthians nessa semana?

“Nenhuma série é perfeita. Cometemos alguns erros que irão ser trabalhados, mas estamos muito satisfeitos. Em comparação com a semana em que nós perdemos para a KabuM com o que nós apresentamos hoje, a evolução é muito nítida e todos podem comprovar isso.”

Acompanhe a tabela, datas e horários dos jogos e tudo mais do CBLoL na Cobertura do Mais e-Sports.

*Entrevista realizada em parceria com Evelyn Mackus, repórter do Mais E-Sports.