Derek Cheung, proprietário da Hong Kong Attitude, publicou um vídeo para esclarecer a situação de Wong “Chawy” Xing no país e aproveitou arpa falar do futuro da LMS. Problemas de visto levaram Chawy a ser banido de Taiwan durante três anos. O vídeo está em chinês mas foi traduzido por um usuário do Reddit.

Chawy foi jogador profissional desde 2012 e já defendeu organizações famosas Como Taipei Assassins e ahq e-Sports. O mid laner é um dos mais famosos da LMS e até teve sua história contada no Legends Rising, documentário da Riot. No final de 2018 o jogador deixou a posição na rota do meio e virou treinador na Hong Kong Attitude, time que estava atuando no momento. Recentes problemas de visto na região o impedirão de entrar em Taiwan por três anos.

A última participação internacional de Chawy foi no Mundial 2017, quando ainda jogava pela AHQ     Foto: Riot Games

De acordo com Derek, Chavy competia na AHQ sem um visto de trabalho. O CEO destacou que a culpa não foi unicamente da organização,ff pois esses vistos de trabalhos são muito problemáticos na região.

“Os vistos de trabalho exigem uma grande quantidade de tempo e esforço sem garantia de sucesso. Muitas vezes, nem o processo nem termina a tempo do torneio. Usando-nos como exemplo, frequentemente ajudaremos nossas importações coreanas a solicitar vistos de trabalho e o processo termina depois da temporada já ter acabado e, muitas vezes, o jogador já até foi transferido para outro time”, comentou Derek.

O CEO ainda compartilhou uma história de como aconselharam Ziv, top laner da AHQ, a conseguir competir legalmente em Hong Kong. “[…]aconselhamos Ziv, com base em opiniões de especialistas, a abrir uma empresa em Hong Kong para que ele pudesse competir legalmente em Hong Kong como investidor”. Cheung disse que outras equipes também dedicaram muito tempo para achar uma forma de seus jogadores competirem legalmente. “Espero que todos os departamentos relacionados possam trabalhar para fornecer a essas equipes, treinadores e jogadores uma maneira legal e clara de resolver esse problema o mais rápido possível”.

Após isso, o dono da HKA comentou que essa pode ser a última temporada da LMS e que a liga pode se desmanchar ainda em 2020. “Esta temporada pode muito bem ser a última temporada do LMS. Estou muito agradecido por ter tido a chance de trazer tantas competições divertidas para os fãs ao lado dos organizadores, equipes, técnicos e jogadores. Espero que os fãs não ataquem outras equipes no LMS devido a esta notícia negativa. Eu também sei como todos podemos aproveitar os últimos jogos juntos”.

Resultado de imagem para lms lol
Dominante na LMS, a flash Wolves já foi conhecida como “Matadores de coreanos” por sempre conseguir bons resultados contra os times da LCK          Foto: Divulgação LMS

Não é o primeiro rumor que a liga pode estar chegando ao seu fim. Um dos casters da competição comentou no começo do ano que ouviu conversas de que a liga poderia deixar de existir em 2020. A LMS foi criada em 2015 para as regiões de Hong Kong, Macau e Taiwan. Apesar de não estar tão forte nos últimos anos, a região já abrigou uma equipe campeã mundial em 2012, a Taipei Assassins. Times famosos como a Flash Wolves e AHQ também dominaram a região por muitos anos.

Este ano a região terá como representantes no Mundial 2019 a J Team, ahq e-Sports e Hong Kong Attitude. A competição começará no dia 02 de outubro.

Veja também: Equipes poderão levar dois reservas no Mundial 2019 de acordo com site