A Go4It anunciou na tarde desta terça-feira (22) que não fará mais a administração do projeto do Flamengo nos Esports a partir de 2020. O comunicado chega logo após ser divulgada a notícia da Team oNe estar negociando com a organização para assumir a gestão, como foi apurado pela ESPN Esports Brasil.

Em nota, a empresa conta que um dos motivos para a decisão foi o fato da Go4It Capital, empresa de investimentos do Grupo, atuar como investidora global da G2, o que impede que ela seja licenciadora ou dona do time de eSports do Flamengo, conforme regras estabelecidas pela Riot Games.

A Go4It deixa o Flamengo após três vice-campeonatos (um do Circuito Desafiante e dois do CBLoL) e um título do Campeonato Brasileiro, no 2º split de 2019.

Na manhã desta terça, foi divulgada a notícia de que a Team oNe, que foi rebaixada para o Circuito Desafiante 2020, está interessada em assumir a função deixada pela empresa. Caso se concretize, os Golden Boys seriam responsáveis pelo gerenciamento de jogadores, comissão técnica e gestão do centro de treinamento, enquanto que o Flamengo seria o responsável pelos contratos dos jogadores e os direitos de imagem. Os eventuais patrocínios – a cargo da oNe – teriam seus lucros divididos entre as duas organizações.

Quando surgiu no cenário competitivo, quem realizava a gestão do projeto do Flamengo nos Esports era a Cursor eSports, em 2017. Naquele ano, a startup recebeu investimento da Go4It, e foi adquirida pela mesma no ano seguinte.