- Publicidade -

O time da KaBuM e-Sports não existirá mais. A equipe que chegou a alcançar o mundial em 2014 vem passando por momentos difíceis desde então, em 2015 ambas as equipes precisaram de jogar a série de promoção.

Em 2016 o time conseguiu alcançar a semifinal no primeiro split, mas logo depois, sofreu com a saída de 4 jogadores da equipe. Com uma equipe totalmente reformulada para o segundo split, o time conquistou apenas duas vitórias nos sete jogos da série regular.
Devido as punições recebidas por OPK, Red Canids e Big Gods, a KaBuM e-Sports conseguiu o quinto lugar na competição e garantiu a vaga para o CBLOL 2017.

A empresa decidiu por não continuar com os contratos dos jogadores e do Coach que atuavam pela KaBuM e-Sports, logo, todos os jogadores e membros da comissão técnica se encontram como “Free Agents”, logo, não existe nenhuma multa para a realização da contratação de nenhum desses jogadores.

Top: Lucas “Zantins” Zanqueta
Jungle: Daniel “Danagorn” Drummond
Mid: Guilherme “Vash” Conti
ADC: Pedro “Matsukaze” Gama
Suporte: Jorge “Verfix” Silveira

Coach: Hugo “Galfi” Dantas

Jungle Reserva: João “Zuao” Vitor
Top Reserva: Álvaro “Vert” Martins

Não sabemos ainda o que ocorrerá com a vaga do time, existem grandes chances da empresa buscar a venda da vaga para poder patrocinar outras equipes da competição. No final de 2015 tivemos a KaBuM “abandonando” a vaga da KaBuM Black que acabou ficando para a Jayob e-Sports (que se tornou Operation Kino).

A empresa deixou bem claro que tem a missão de ajudar ainda mais o e-Sport no Brasil.