A janela de transferência europeia não para e nessa quinta-feira (29), a G2 Esports anunciou a saída de dois jogadores da sua line-up, o atirador Petter “Hjarnan” Freyschuss e do suporte Kim “Wadid” Bae-in.

A oficialização da saída da dupla veio logo após a confirmação da transferência de Rasmus Caps” Winther para a G2 e o atual meio da equipe Luka Perkz” Perković passar para atirador. Assim, Hjarnan perdeu sua posição no time que vinha defendendo desde dezembro de 2017, período no qual foi campeão do Rift Rivals e participou da melhor campanha da equipe em um Mundial, caso da edição 2018 onde a equipe terminou com a 3°/4° colocação.

O sul-coreano Wadid também entrou na equipe em dezembro de 2017, após ter defendido equipes como a Team ROCCAT, SBENU Korea e a Rising Star Gaming, organização coreana onde o jogador começou sua carreira. O suporte de 21 anos ainda não ganhou grandes títulos além do Rift Rivals 2018.

Logo após a saída de Wadid da G2 vir à público, a Rogue anunciou o jogador para participar da escalação da equipe. É a terceira contratação da equipe europeia, que além de Wadid trouxe para seu time o jungler Mateusz “Wadid” Szkudlarek e o ex-suporte da Edward “Edward” Abgaryan para ser o assistent coach da equipe.

Wadid escreveu um post em seu perfil pessoal onde lamentou não continuar trabalhando com Hjarnan, dupla que começou na ROCCAT e se estendeu para a G2. “Eu vou começar minha nova jornada com meu novo parceiro de rota com tudo que eu aprendi de você. Obrigado e boa sorte.”

Confira a atual escalação da G2 Esports:

  • Martin “Wunder” Hansen – Topo
  • Marcin “Jankos” Jankowski – Caçador
  • Rasmus “Caps” Winther – Meio
  • Luka “Perkz” Perković – Atirador
  • Mihael “Mikyx” Mehle – Suporte