(Foto: Reprodução/Havan)

Na última quinta-feira (30), aconteceu o primeiro evento de esport de Brusque, cidade no interior de Santa Catarina. A inauguração do gaming office da Havan Liberty Gaming reuniu os jogadores, empresários, imprensa e convidados para expor a estrutura da também recém-anunciada equipe de League of Legends da Havan, uma das maiores redes de lojas de departamento do Brasil.

O time, que almeja a vaga no Circuito Desafiante através das qualificatórias abertas — o popular tier 3 de LoL — perdera a segunda e última chance em 2018 de lutar pela vaga uma semana antes, no dia 23 de agosto, ou seja, caso não haja a negociação de uma vaga direta, a equipe não estará presente no circuito oficial em 2019.

A escolha do Gaming Office em Brusque

Contrariando o modelo usado pela maioria das equipes já consolidadas no cenário nacional, a Havan negou a ideia de uma Gaming House, dispensando a ideia de que os jogadores morem juntos em seu centro de treinamento. O mais impactante, na prática, é a localização — fora de São Paulo, onde o estúdio dos dois principais campeonatos de LoL no Brasil é sediado.

O CEO da Havan Liberty Gaming, Samuel Walendowsky, explicou a decisão à nossa reportagem considerando, além dos custos operacionais reduzidos em comparação a uma sede em São Paulo, a intenção da equipe de expandir o esport brasileiro para além da região sudeste. “Temos a intenção de desenvolver o cenário daqui. Nada impede de que haja uma equipe de esport no sul, é um jogo online. Por que não utilizar isso pra fomentar o cenário fora de São Paulo?”

De acordo com ele, a medida deve ir além da equipe profissional com o nome da empresa e chegar a peneiras e campeonatos amadores, que devem utilizar a estrutura em Brusque para iniciativas maiores do que a busca pela vaga no Circuito Desafiante e, pensando à frente, no CBLoL.

Confira as fotos do escritório da Havan Liberty Gaming:

(Foto: Reprodução/Havan)
(Foto: Reprodução/Havan)
(Foto: Reprodução/Havan)
(Foto: Reprodução/Havan)
(Foto: Reprodução/Havan)
(Foto: Reprodução/Havan)