Conhecido e jogado em todo mundo, Fortnite teve um ano valioso em 2018. Contando com mais de 200 milhões de usuários, a franquia atingiu uma renda mensal de 150 milhões de dólares, com isso, estima-se que tenha lucrado US$3 bilhões no ano que passou.

Tais números impulsionaram o criador do jogo, Tim Sweeney a chegar na 194° posição do ranking anual dos maiores bilionários, realizado pela Bloomberg, empresa de tecnologia e dados do mercado financeiro. O programador tem uma renda estimada de 7 bilhões de dólares, ficando a frente de grandes nomes mundiais como o criador de Star Wars, George Lucas.

O Fortnite já inseriu diversos sistemas para fidelizar seus jogadores e agradecer aos criadores de conteúdos que disseminaram o game. Apoie-Um-Criador é um dos exemplos, onde a cada 10 mil v-Bucks gastados, o criador receberá US$5.

O cenário competitivo do jogo não fica para trás. A Epic Games anunciou que investirá mais de 100 milhões de dólares em campeonatos entre 2018 e 2019, o que eleva as disputas e traz mais visibilidade para o battle royale.