A equipe da Flash Wolves venceu a G2 Esports e se consagrou a grande campeã do torneio de League of Legends da Intel Extreme Masters (IEM) em Katowice, na Polônia, e levou para casa o premio de 70 mil dólares.

Foto: Intel Extreme Masters

A melhor campanha da G2 em campeonatos internacionais

Mesmo perdendo a final a equipe da G2 fez a sua melhor participação em campeonatos internacionais, a equipe era duramente criticada por sempre ter uma performance muito abaixo do esperado. Em 2016, mesmo com a sua dominância na LCS EU, a equipe europeia protagonizou campanhas muito fracas nos campeonatos internacionais em que participou, ficando em 5° lugar no MSI 2016 e em 13°-16° lugar no Mundial 2016, conseguindo vencer apenas um jogo.

Flash Wolves domina os europeus

A G2 veio de um difícil caminho até as finais, onde já tinha enfrentado a equipe da Flash Wolves na fase de grupos, ocasião onde perderam a partida. Na semifinal contra a Rox Tigers, os europeus começaram perdendo porem conseguiram um comeback incrível, e em jogos longos conseguiu a vitoria por 2×1, com destaque para a atuação do mid laner Luka “Perkz” Perkovic que ganhou o MVP do campeonato. Com a Flash Wolves não foi diferente, porem a equipe teve menos dificuldade em ganhar os seus jogos. A equipe de Taiwan começou perdendo para a H2K na semifinal, mas conseguiu se recuperar e acabar com a chance de ter uma final totalmente europeia, eliminando a H2K por 2×1.

Na grande final a Flash Wolves mostrou total controle sobre as partidas, principalmente no controle de visão de ambas as partidas, não dando espaço algum para reação dos europeus, que acabaram perdendo por 2×0. Depois de tantos anos dominando o LMS e com pouco brilho no cenário internacional, a Flash Wolves finalmente chegou no topo de um campeonato internacional.

Você pode conferir replays das partidas na aqui.