Lee “Faker” Sang-hyeok, reconhecido como o melhor jogador da história do League of Legends, comentou em sua stream algumas opiniões sobre a soloQ nos dias de hoje.

Atualmente na 2° colocação da soloQ coreana, Faker se demonstrou frustado sobre o desbalanceamento que o atual matchmaking da Riot Games vem criando nos jogos. Você pode conferir abaixo todos os clips da Stream do jogador em que ele se pronunciou e abaixo a tradução para o português:

“Até 2015 o tempo das filas era longo mas a formação de equipes era balanceada. Desde 2016, challengers com bastante PdLs estão sendo colocados em jogos junto de jogadores Master com pouco PdL. Então, o ranking da fila solo se tornou uma medida de quem é melhor em carregar a partida, não de quem é melhor. É por isso que tentar subir seus PdLs é frustrante.”

Veja também: “Não tenho certeza de que vou me sair bem novamente”, comenta Faker

“O jogo se torna menos divertido quanto mais alto você vai, eu não sei porque eu jogo… O LoL é pra ser um jogo de equipes, só é divertido se você jogar 5v5 e fazer as coisas com seus colegas de equipe mas todo mundo trata isso como um RPG e joga cada um por si.
Devido a diferença de PdL, é impossível criar uma sincronia com o time. Todo mundo joga de uma maneira muito diferente. O jogo se torna menos divertido à medida que você sobe seu PdL, é esquisito. É por isso que eu gosto da maneira que era antes, mesmo que as filas demorassem mais.”

“Antigamente havia poucos jogos onde um lado do mapa “explodia”. Começando pelo challenger, o jogo é apenas… [silêncio]. É por isso que os Pros não jogam sério na fila solo mais, não é algo útil à prática para os jogos competitivos.”

“Um lado sempre “explode” bem aqui [apontando para a bot lane]. Nunca é algo 50/50, o jogo sempre pende para um lado.
Então o que é mid/top/jungle? Estamos jogando League ou apostando em máquinas caça-niqueis? Se outras rotas são incompatíveis, ainda é um 1v1, então a diferença não é grande porque há duas pessoas na rota do bot, a lacuna é muito grande. Como você deve ganhar um jogo se uma bot lane Master 200PdL/Master 200PdL cair contra uma bot lane Challenger 800PdL/Challenger 800PdL?”

“É por isso que quando você olha para os rankings hoje em dia, há muita flutuação. Anteriormente, um player que poderia chegar em #1 normalmente não caia num rank abaixo de #50. Por causa da sorte do time, essa lacuna cresce.”

“No passado eu quase nunca caia contra jogadores do Master. Talvez uma vez a cada dez jogos no Challenger. Eles (Riot) fizeram isso para reduzir o tempo da fila de espera mas por causa disso o jogo não é mais divertido.”

“Imagine se você se fosse ouro mas fosse posicionado com quatro bronzes ou pratas em nove de cada dez jogos, e a mesma coisa para o time inimigo. Você acha que aquela partida seria divertida de jogar?”

Tradução do coreano para o inglês feita pelo usuário do Reddit dynamicmenance36 e do inglês para o português por Samuel Rehbein.

Veja também: “Não tenho certeza de que vou me sair bem novamente”, comenta Faker