A Astralis venceu a Team Liquid na tarde deste domingo (9) e sagrou-se campeã da ESL Pro League Odense. O título veio após vitória por três a um: os americanos da Liquid começaram na frente na Train, mas na sequência os donos da casa venceram na Mirage, Inferno e Dust2.

Além do prêmio para o campeão, a Astralis ganhará mais US$ 1 milhão, por conta do Intel Grand Slam: os dinamarqueses ganharam quatro de dez campeonatos que compõem o circuito.

Emil “Magisk” Reif comemora mais uma vitória contra a Team Liquid. Foto: ESL

Train

Ban permanente da Liquid, a Train foi escolhida para ser o início da série. Devido ao histório da Astralis na Nuke, os americanos decidiram jogar o mapa no qual não estão acostumados. A falta de jogo dificultou a leitura da equipe dinamarquesa que sofreu no primeiro tempo. Mesmo começando no lado Contra-Terrorista, a Astralis não desempenhou um jogo condizente com suas expectativas e perdeu por 11-4.

No segundo tempo, Astralis chegou vencer os quatro primeiros rounds, mas na sequência a Team Liquid retomou o domínio da partida e fechou o mapa em 16-8.

Mirage

Apesar dos americanos continuarem sua série de vitórias no começo do primeiro tempo e abrirem quatro pontos de vantagem, a Astralis, diferente do primeiro mapa, não deixou o jogo escapar de sua mãos. A equipe de Lukas ‘gla1ve’ Rossander virou a partida, mas viu a Team Liquid ir para o intervalo com três pontos na dianteira.

Na virada de lados, a Astralis foi muito superior aos americanos. No lado atacante do mapa, os americanos furaram o bloqueio do oponente apenas quatro vezes: duas vitórias (por eliminação) e duas derrotas (pelo desarme da C4). Com pior desempenho do que no primeiro mapa, a Liquid perdeu por 16-11.

Inferno

A Liquid começou bem na Inferno e chegou a liderar o mapa. Do sexto round em sequência, a Astralis tomou conta da partida e permitiu apenas mais um ponto do oponente.

Após ir para o segundo tempo perdendo por 10-5, a Liquid pontou seis vezes nas primeiras sete rodadas disputados e chegou a dar sinal de que iria levar o segundo ponto. Em um split final, a Astralis pontuou cinco vezes e venceu o mapa por 16-11.

Dust2

No mapa decisivo, o primeiro tempo foi o mais equilibrado da série. A vitória por 8-7 por parte dos americanos, deixou o jogo em aberto. No segundo tempo, a Astralis foi dominante, dinâmica e deixou a Liquid muito atrás no placar. Epitácio “TACO” de Melo e seus companheiros pontuaram apenas duas vezes e viu os donos da casa levantarem o troféu e faturar US$ 1 milhão de premiação extra.

Confira a classificação final

POSIÇÃO EQUIPE PRÊMIO
Astralis $250,000 + $1,000,000
Team Liquid $110,00
3º4º mousesports; MIBR $55,000
5º-6º Natus Vincere; Renegades $32,000
7º-8º G2; Ghost Gaming $24,000
9º-12º NRG; BIG; HellRaisers; Sharks $22,000
13º-16º North; ViCi; INTZ; ORDER $20,000

 

A ESL Pro League foi disputada entre os dias 4 e 9 de dezembro em Odense, Dinamarca. Ao todo, 16 equipes participaram do torneio e a premiação total do evento foi de US$ 750 mil.