- Publicidade -

Dendi está de volta ao competitivo de Dota 2. Nesta quinta-feira (6), a B8 Esports, organização que o ucraniano de 30 anos é dono, anunciou sua nova line-up para a temporada 2019-2020 do Dota Pro Circuit.

O quinteto será formado por Dendi, pio65, Ghostik, KingR e LeBron. Com exceção de pio, todos os jogadores já passaram por grandes organizações da região da Comunidade dos Estados Independentes (CIS), como Natus Vincere, Gambit e Team Spirit.

O LEGADO DE DENDI NO DOTA 2

Dendi é considerado como um dos maiores jogadores de Dota 2 da história. No início de sua carreira, fez parte da primeira line-up da Natus Vincere, com o ucraniano iniciando sua trajetória na organização em julho de 2010, quando tinha apenas 20 anos de idade. Dominante no inicio do MOBA, o mid laner ajudou a Na’Vi a conquistar o primeiro The International em 2011 – levando para casa a quantia de um milhão de dólares -, e o vice nos TIs de 2012 e 2013.

A partir de 2014, o Dota 2 evoluiu e a Natus Vincere começou a estagnar. 2014 marcou a primeira vez que Dendi não terminou o TI no top 2 e os mundias de 2015 e 2016, onde a Na’Vi ficou em último, mostraram que as coisas já não eram mais as mesmas. Desde então, o ucraniano nunca mais participou de um The International.

Mesmo vivendo altos e baixos entre 2011 e 2016, Dendi venceu diversos títulos pela Na’Vi. Além do TI 1, o ucraniano faturou a StarSeries Season 8, o Dota 2 Champions League Season 2, o Dota 2 Champions League Season 4, a Adrenaline Cyber League e a i-League StarSeries Season 2.

Em setembro de 2018, a Natus Vincere decidiu retirar Dendi do quinteto titular da organização e o colocou no banco de reservas. Para não ficar parado, o ucraniano foi emprestado primeiramente a Tigers, porém deixou o time após quatro meses, e logo em seguida ao The Pango.

Após rescindir com a Natus Vincere em agosto de 2019, Dendi decidiu criar sua própria organização, que viria a ser conhecida como B8 Esports.

A estreia da B8 Esports deve acontecer no próximo dia 7 de fevereiro, quando se inicia o qualificatório aberto da região CIS para o ESL One Los Angeles Major 2020.