- Publicidade -

Após anunciar seu deligamento da MIBR, o técnico zews publicou em suas redes sociais uma nota de despedida. Nela, o treinador que fez parte da equipe brasileira por aproximadamente um ano e meio agradeceu aos fãs pelo apoio, mas também afirmou que não acredita que as questões do time estão próximas de serem resolvidas e ainda ressaltou que os problemas vividos pela Made in Brazil “são mais complexos, pesados e enraizados”.

“Gostaria de dizer que os problemas da MIBR estarão mais próximos de serem resolvidos [com sua saída do time], mas não sei se acredito ser o caso. Os problemas vividos por aqui são mais complexos, pesados e enraizados do que aparentam e em minha visão todas as soluções tendem a ser mais complexas também, requerendo uma mudança maior no elenco ou na cultura. Não estou aqui para criar intrigas e assumo minha culpa, mas tenho que analisar a situação por completa”, afirmou o coach.

MIBR, zews
Foto: Leo Sang/BLAST

Além disso, o técnico não se esquivou das críticas e assumiu ter parte da responsabilidade pelo fracasso recente da MIBR. Zews também comentou que falhou ao não tomar atitudes que julgava necessárias e ao se acomodar com decisões que ele acreditava ser erradas.

“Infelizmente, não obtivemos nem de perto o sucesso que almejávamos durante essa reconstrução da MIBR. Obviamente tenho minha fatia de culpa como coach da equipe durante esse período e assumo ela. Eu falhei ao não tomar atitudes que julgava serem necessárias para a reabilitação da equipe e ao acomodar e me conformar com certas decisões e direções tomadas. Quando lidamos com algo da grandeza desse time, temos que saber que a margem de erros é mínima e serão cobradas, especialmente nas posições de liderança, e por essas e outras peço desculpas”, comentou.

Para finalizar, zews agradeceu ao apoio incondicional dos fãs e afirmou que está aberto a propostas de outras organizações.

“Gostaria de agradecer todos os meus teamamtes, passado e presente, pelas lembranças e aprendizados que tive aqui. Também não poderia deixar de agradecer vocês, os fãs, pelo apoio e suporte incondicional. Quanto ao meu futuro, nada esta definido. Meu desejo é continuar competindo e me dedicando nesse Esport que eu amo”, completou o treinador.

Zews chegou à MIBR em dezembro de 2018 para substituir o sérvio YNK. Em sua passagem pela equipe brasileira, o coach não conquistou nenhum título e teve como melhores resultados o top 4 na IEM Katowice 2019 Major e na IEM Sydney 2019, além do terceiro lugar na BLAST Pro Series Miami. O treinador também já teve passagens por Liquid e Immortals.