kng minor
kNg comemora rodada do minor americano (Foto: StarLadder)

A noite da última quinta-feira terminou com um crossover inesperado para os fãs de Counter-Strike: Global Offensive. Isso porque o presidente Jair Bolsonaro respondeu a tuítes de Epitácio “TACO” Filho, Alexandre “Gaules” Borba e Vito “kNg” Giuseppe – figuras renomadas do cenário nacional do jogo.

Após tuitar um “forte abraço para os gamers” e receber respostas do trio, o presidente deu seguimento a interação, respondendo-os. Enquanto TACO e Gaules receberam um emoji, kNg teve um diálogo mais elaborado.

“Vou falar com o Paulo Guedes”, respondeu o presidente depois de kNg ter pedido investidores para os games.

As poucas interações foram o suficiente para uma enxurrada de mensagens – e memes -, começarem a tomar as redes sociais. Vários outros jogadores e figuras do cenário interagiram com o presidente, mas não obtiveram nenhuma resposta.

Em meio a troca de mensagens, o CS:GO e os esports no Brasil vivem um momento de discussão na esfera política. A PL 383/2017, que busca regulamentar a modalidade no país, foi aprovada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado, mas deve voltar à pauta em breve por conta de um recurso oficializado pela senadora Leila Barros (PSB – DF) no último dia 19. No recurso, a senadora e outros 10 parlamentares pedem que PL seja analisada no plenário.