(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

O caçador Yan “Yampi” Petermann foi titular das duas vitórias do CNB e-Sports contra a Ilha da Macacada Gaming no último sábado (16). Conhecido como autofill do time, o jogador foi decisivo tanto na estratégia ousada de Nunu e Kayle quanto no dano de seu Graves.

Após a série vencida, Yampi conversou com o Mais e-Sports sobre os jogos disputados, a liderança do CBLOL e as condições de vitória dos blumers na segunda rodada do campeonato, em que dominaram o meta a seu favor. Confira a entrevista na íntegra:

Assistindo essa série, era fácil te imaginar se divertindo muito. Você realmente estava? 

Yampi: Eu estava um pouco mais sério, porque assumi o papel de ser o pé no freio do time. Mas eu estava me divertindo sim, porque eu me divirto muito com esses campeões que eu peguei hoje, são picks confortáveis da minha parte. Então por fora eu estava dando risada, mas por dentro, eu estava muito sério, sim.

Como é esse seu papel de pé no freio?

Yampi: A gente usou essa composição de Kayle e Nunu, e temos saber o que givar e o que pegar pra nós de recurso. Então tivemos que rotacionar o mapa, controlando o carry, o Brucer, e controlando o side, dando o tracking da jungle pro Baiano e pro Rakin. Então eu estava sendo um pé no freio para que eles não forçassem nada.

Veja também: Rakin comenta leitura de meta da CNB e diz que Keyd é o time a ser batido

Você pode explicar para os nossos leitores como aplicar a estratégia de Nunu e Kayle na SoloQ?

Yampi: Olha, eu acho que se você não é um profissional, não tenta, porque é muito difícil! A gente jogou isso na SoloQ, e o suporte pro carry tem que ser o coordenador do time; na SoloQ, isso não rola. Então, o bot vai morrer, o top vai tomar gank, e isso atrapalha muito a composição pro duo mid, o que faz com que o time perca o jogo, porque qualquer vantagem que o adversário pegue faz com que eles atropelem o jogo na SoloQ. Eu perdi vários jogos jogando com isso com o Brucer e com o Rakin, então eu não recomendo.

Vocês anunciaram na última semana que viriam no autofill. Como aconteceu a decisão de tirar o Pbo e vir com essa formação?

Yampi: Vimos como o meta estava correndo e percebemos que os ADs do bot estavam sumindo, estava aparecendo mais tanks e magos no bot. O Pbo não tem o costume de jogar com essas escolhas, a segunda role dele é suporte, então fugiu muito do leque de campeões dele. Fomos testando, e como eu e o Robo somos os jogadores com mais costume de autofill, testamos várias rotas: joguei como suporte, suporte no mid, carry. Soubemos mediar e percebemos que esse era o melhor elenco para apresentar hoje.

Vocês venceram de 2 a 0 contra IDM, que veio forte contra o Fla na semana anterior. Qual era o maior desafio contra eles?

Yampi: O maior desafio era saber lidar com a pressão no mid e na jungle. Soubemos ler muito bem os picks do Carioca e do Any, e forçamos no draft que eles ficassem recuados, com picks que não são confortáveis para eles. Percebemos que isso foi efetivo, eles não estavam confortáveis, e jogamos em cima disso, também. Aplicamos nossa estratégia e jogamos mais na nossa composição do que na deles.

Vocês agora estão empatados com a Keyd na liderança. Já dá pra sonhar com o título?

Yampi: Ainda vamos aproveitar muito esse meta, porque mostramos bastante evolução nesse patch, mas a Keyd também tá mostrando uma evolução com isso. Até virar esse meta, tanto nós quanto eles vamos aproveitar muito essa bagunça, porque se trata de dois times em que os jogadores têm mecânicas muito boas, muito conhecimento de jogo e amplo leque de campeões. Os dois times estão sabendo lidar muito bem, e é por isso que estamos no topo com eles.

O próximo desafio de vocês, no próximo sábado (23), é a ProGaming. O que você está esperando?

Yampi: Vai ser um confronto parecido com a IDM. Vamos ter que aprender a lidar com a pressão, ver onde eles tem mais pressão no time e montar um draft em cima disso, jogar muito bem contra isso. Com certeza não vamos apresentar a mesma coisa, sempre trazemos um pick ou outro diferente, ou uma mudança de jogador e de rota, então esperamos pegar eles de surpresa, também.

O CBLOL 2018 terá sua terceira rodada iniciada neste sábado, 23 de junho. Confira a cobertura completa do Mais e-Sports!

Veja também: Lep fala sobre início ruim da Red Canids, duo com Chaser e Singed no CBLOL