A Wings Gaming entrou para a história do e-sport neste sábado (13) ao vencer o The International 2016, competição com a maior premiação da história do e-sport. A equipe chinesa levou a melhor sobre a Digital Chaos pro 3 jogos a 1 e levou para casa um prêmio de 9,113 milhões de dólares. Já a equipe norte-americana faturou 3,417,545 milhões de dólares pelo vice-campeonato.

Para chegar ao título, a Wings Gaming se classificou apenas na 4ª posição no grupo A, com 8 vitórias e 6 derrotas. Depois disso, a Wings Gaming se encontrou e passou pela Digital Chaos, MVP Phoenix, Evil Geniuses na Upper Bracket e reecontrou a Digital Chaos na grande final do The International 2016, onde venceu novamente e se sagrou campeã do The International 2016.

Confira abaixo um resumo de todas as partidas da grande final do The International 2016:

Game 1

Bans

Digital Chaos: Drow Ranger, Mirana, Batrider, Nyx Assassin e Lifestealer.
Wings Gaming: Shadow Demon, Elder Titan, Morphling, Naga Siren e Death Prophet.

Picks

Digital Chaos: Timbersaw, Keeper of the Light, Ogre Magi, Faceless Void e Skywrath Mage.
Wings Gaming: Io, Storm Spirit, Slardar, Silencer e Pudge.

A primeira partida da grande final do The International 2016 mostrou a importância de um bom draft. A Digital Chaos conseguiu com muita inteligência neutralizar a grande aposta da Wings Gaming, um Storm Spirit. Com um Skywrath Mage de last pick nas mãos de w33, a DC começou a vencer o jogo já nas lanes.

Além disso, com grandes teamfights que combaram os ultimates do Skywrath Mage e Faceless Void e contando com o dano do Keeper of the Light e os stuns e slows do Ogre Magi, a DC não deu chances para que o Pudge da Wings Gaming fosse efetivo e juntamente com o Storm Spirit, não tivessem impacto na partida. Depois de mais uma ótima teamfight, a Digital Chaos levou toda a top lane da Wings e venceu a primeira partida da final em apenas 33 minutos. 1 a 0 DC.

Game 2

Bans

Wings Gaming: Elder Titan, Beastmaster, Tidehunter, Dark Seer e Kunkka.
Digital Chaos: Drow Ranger, Keeper of the Light, Huskar, Timbersaw e Chen.

Picks

Wings Gaming: Oracle, Faceless Void, Invoker, Sand King e Slardar.
Digital Chaos: Mirana, Naga Siren, Shadow Demon, Doom e Razor.

O segundo confronto da final foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes até o mid game. A partir daí, o Invoker da Wings Gaming começou a aparecer de maneira mais marcante na partida. E em uma teamfight perto do Roshan aos 39 minutos de partida, a Wings Gaming conseguiu dois ótimos pickoffs e foi para a base da Digital Chaos. A DC bem que tentou defender com dois buybacks, no entanto, o Faceless Void da Wings encaixou um bom ultimate e acabou com as esperanças da equipe norte-americana. Tudo igual na grande final, 1 a 1.

Game 3

Bans

Wings Gaming: Elder Titan, Beastmaster, Shadow Demon, Morphling e Ursa.
Digital Chaos: Drow Ranger, Keeper of the Light, Invoker, Batrider e Huskar.

Picks

Wings Gaming: Oracle, Faceless Void, Kunkka, Death Prophet e Nyx Assassin.
Digital Chaos: Mirana, Timbersaw, Winter Wyvern, Sand King e Clinkz.

Um verdadeiro atropelo da Wings Gaming. A equipe chinesa abusou das rotações e dominou todas as ações da partida, não dando chances para que a Digital Chaos pudesse respirar. A DC até que tentou esboçar uma reação, mas a grande atuação do Faceless Void da Wings Gaming, que terminou a partida com 20 abates e nenhuma morte, conduziu a equipe à vitória em 45 minutos com um placar de 49 a 24, virando o placar na grande final do The International 2016. 2 a 1 Wings Gaming.

Game 4

Bans

Digital Chaos: Drow Ranger, Faceless Void, Juggernaut, Invoker e Storm Spirit.
Wings Gaming: Shadow Demon, Beastmaster, Oracle, Kunkka e Slardar.

Picks

Digital Chaos: Mirana, Timbersaw, Vengeful Spirit, Slark e Night Stalker.
Wings Gaming: Elder Titan, Batrider, Keeper of the Light, Anti-Mage e Axe.

Na quarta partida da série, a Wings Gaming mostrou porque deveria ser campeã do The International 2016. Depois de começar bem atrás no marcador, a equipe chinesa conseguiu colocar a cabeça no lugar e com ótimas teamfights e se apoiando no Anti-Mage do time, a Wings Gaming conseguiu dar o comeback e foi questão de tempo para destruir todas as barracas inimigas e esperar pelo gg da Digital Chaos. Wings Gaming campeã do The International 2016!

 

Confira a classificação final do The International 2016:

1º – Wings Gaming – US$ 9,113,454
2º – Digital Chaos – US$ 3,417,545
3º – Evil Geniuses – US$ 2,174,801
4º – fnatic – US$ 1,449,868
5º/6º – EHOME – US$ 932,058
5º/6º – MVP Phoenix – US$ 932,058
7º/8º – TnC Pro Team – US$ 517,810
7º/8º – Team Liquid – US$ 517,810
9º/12º – OG – US$ 310,686
9º/12º – LGD Gaming – US$ 310,686
9º/12º – Alliance – US$ 310,686
9º/12º – Newbee – US$ 310,686
13º/16º – ViCi Gaming Reborn – US$ 103,562
13º/16º – Team Secret – US$ 103,562
13º/16º – Escape Gaming – US$ 103,562
13º/16º – Natus Vincere – US$ 103,562