A WCG 2019 finalizou, no último domingo (2), a sua final regional de Warcraft 3 com os oito melhores competidores de Warcraft 3 do continente americano. Bruno “Malboy” Sabia, classificado depois de duas seletivas online, representou o Brasil no evento que aconteceu na cidade de Santa Ana, nos Estados Unidos, e terminou na quinta colocação com duas vitórias e cinco derrotas.

As vitórias aconteceram contra o chileno Joaquin “GreatRomance” Ampuero e o paraguaio Nigel “X0coatl” De Keyzer. No entanto, o jogador brasileiro não conseguiu superar nomes que já dominam o cenário americano nos últimos anos, como o mexicano Diego “Tachas” Echeagaray, o canadense Pierre-Olivier “htrt” Huot e principalmente o maior nome das Américas, o peruano Cristopher “HunteR” Matos Quevedo.

Tabela geral da seletiva americana de Warcraft 3 na WCG 2019

Somente os dois melhores da região vão para as finais mundiais que acontecem na China em julho. A transmissão aconteceu em inglês no canal oficial da WCG pelo Twitch.

A última participação de um brasileiro em um evento internacional de Warcraft 3 também aconteceu durante a World Cyber Games, mas em 2007. Na ocasião, Rodrigo “MysT” Martins representou o país no torneio depois de vencer a final regional brasileira. No mesmo evento, ele venceu um dos melhores jogadores europeus do cenário, Yoan “ToD” Merlo, mas caiu nas quartas-de-final da competição.

Bruno “Malboy” Sabia participando durante a WCG 2019 de Warcarft 3. Foto: Divulgação/ WCG

As seletivas americanas da WCG 2019 acontecem até a próxima terça-feira (3) com seletivas de Clash Royale e Hearthstone. No sábado (2), a SG também representou o Brasil no DotA 2 mas fechou o evento na terceira colocação.