Uma das maiores organizações de e-sports do mundo, a Virtus.pro anunciou na última terça-feira (15) em sua página oficial no Facebook que está de volta ao cenário competitivo de League of Legends com uma nova line-up.

De acordo com o diretor da equipe Roman Dvoryankin, a Riot Games está focada em desenvolver ainda mais o cenário competitivo de e-sports da CEI (Comunidade dos Estados Independentes) e que a Virtus.pro não poderia ficar de fora desse processo. “Nosso time na LCL é formado por jogadores promissores e tenho certeza serão capazes de mostrar resultados sólidos na segunda metade do próximo ano”.

A equipe anunciou o nome dos jogadores Daniel “Blasting” Kudrin (AD Carry), Ivan “Paranoia” Tipukhov (Mid), Alexander “SaNTaS” Lifashin (Suporte) como definitivos na equipe e Rafael “Doxy” Adl Zarabi (Top) e Jonatan “SezzeR” Villebro (Jungler) como jogadores temporários.

A equipe já havia entrado no competitivo de LoL em 2014, porém pouco tempo depois, a organização anunciou um hiato na modalidade. Vale lembrar que a organização tem times bem consolidados no cenário de CS:GO e Dota 2.

Apesar de não ser considerada uma região muito forte, a região da CEI provou que tem potencial para jogar contra as maiores regiões. Isso ficou claro após o desempenho espetacular de Albus Nox Luna no último Mundial, se tornando a primeira equipe do Wildcard a passar da fase de grupos. A ANX chegou ao Worlds 2016 como uma equipe underdog e caiu em um dos grupos mais difíceis da competição, no entanto, conseguiu vencer uma partida da favorita ao título ROX Tigers, ganhar de CLG e G2 e avançar para as quartas de finais perdendo para a europeia H2K.

O primeiro desafio do novo time é a Copa LCL Open, que acontece no dia 20 de novembro em Moscou e entre os dias 25 e 27 do mesmo mês em São Petesburgo.