O sonho do tricampeonato de um major acabou para a SK Gaming. Em um confronto muito disputado, a equipe brasileira acabou sucumbindo perante a Virtus.pro por 2 jogos a 0 (19-17 na Train e 16-14 na Cobblestone). Com a vitória, os poloneses da VP se classificaram para a grande final do ELEAGUE Major de CS:GO, onde enfrentarão a Astralis neste domingo (29).

A derrota na semifinal do ELEAGUE Major deve marcar a saída do português Ricardo “fox” Pacheco, que substituiu Lincoln “fnx” Lau na competição. O ex-jogador da Immortals, Joao “felps” Vasconcelos é o provável substituto da SK Gaming para a temporada.

A grande final do ELEAGUE Major de CS:GO será disputada entre Astralis e Virtus.pro a partir das 13h (horário de Brasília). O grande campeão da competição levará para casa uma premiação de 500 mil dólares, enquanto o vice embolsará 150 mil dólares.

Game 1 – Train

A semifinal entre SK Gaming e Virtus.pro começou na Train, mapa escolhido pelos brasileiros. No entanto, quem comandou as ações no primeiro half da partida foram os poloneses da VP, que contando com a grande atuação de Janusz ‘Snax’ Pogorzelski, conseguiu imprimir seu ritmo de jogo e fechou a primeira metade com uma vantagem de 10-5 no placar.

No segundo half, foi a vez da SK Gaming assumir o controle da partida e empurrados pelo criticado português Ricardo “fox” Pacheco, conseguiram se recuperar na partida e devolveram o placar de 10-5, levando a partida para o overtime.

No overtime, a estrela dos poloneses brilhou mais do que a da SK Gaming. A experiência de TaZ e companhia foi fundamental para que a Virtus.pro aproveitasse a oportunidade que teve e conseguisse fechar a partida em 19-17, saindo na frente da semifinal do ELEAGUE Major.

Game 2 – Cobblestone

Na Cobblestone, mapa de escolha do Virtus.pro, os brasileiros da SK Gaming vieram decididos a dar o troco e empatar a série. Atuando no lado CT, a SK mostrou mais uma vez que a derrota no primeiro mapa não impactou o desempenho da equipe e fechou o primeiro tempo da partida vencendo por 9-6.

Porém, o momento dos poloneses era melhor que o da SK Gaming. Com uma atuação muito segura, a Virtus.pro conseguiu reverter a vantagem e ponto a ponto ia se aproximando da grande final do ELEAGUE Major de CS:GO. Com 14-12 no placar, graças a duas kills de TaZ e snax, a VP conseguiu alcançar o match point da partida.

No round seguinte, a SK Gaming conseguiu impedir o primeiro match point depois de Fallen conseguir uma kill logo no início do round e depois por conta de dois abates de fox na entrada do bomb B. Com a vitória, o time brasileiro colocou a VP em um round forçado, o que facilitou as coisas para que a SK conseguisse salvar mais um match point.

Com 15-14 no placar, a Virtus.pro acabou com as esperanças brasileiras de um tricampeonato no Major. Na última oportunidade que tinham, os poloneses tiveram um round quase perfeito e perdendo apenas um jogador, conquistou o último round, venceu a partida e assegurou a vaga na grande final contra a Astralis.