A Riot Games anunciou que o Vietnã está se tornando uma região independente no cenário competitivo de League of Legends.

Após as ótimas atuações da GIGABYTE Marines em 2017, o campeonato nacional estará se desvinculando da GPL (competição do Sudeste Asiático) e será uma região independente.

Imagem: Riot Games

Como ficará a GPL?

Agora o Vietnã terá sua própria liga (VCS) e a GPL continuará existindo sem as equipes vietnamitas. O torneio da GPL contará com equipes das Filipinas, Malásia, Singapura, Indonésia e Tailândia.

Onde o Vietnã jogará no Rift Rivals?

A equipe irá jogar contra Turquia (TCL) e Rússia (LCL) no Rift Rivals. Enquanto as equipes da GPL continuarão jogando contra Japão (JPL) e Ocenia (OPL).

Como será no Mundial e no MSI?

Como já mencionamos acima, a VCS (campeonato do Vietnã) garantirá uma vaga direta para o Mundial e também no MSI 2018.

De acordo com o comunicado da Riot Games, o MSI agora terá uma expansão e contará com 14 equipes!

No Mundial a grande mudança é que a vaga extra (que permitia uma das regiões emergentes enviar 2 representantes) agora será do Vietnã. Por tanto, nenhuma região emergente terá dois participantes no torneio.