O Mais e-Sports teve a oportunidade de conversar com Gabriel “Turtle” Peixoto, atual jungler da CNB, logo após a estreia dos blumers na competição.

De “cara nova” a equipe estreou seu novo uniforme e logomarca contra a KaBuM no sábado (20) e acabou perdendo por 2-0.

Perguntamos para Turtle se a derrota para a KaBuM é algo preocupante para a equipe. Ele responde:  “Eu não acho que é preocupante. Começamos o split agora e estamos com um time novo, todo mundo novo. Então precisamos nos adaptar ainda e encaixar e entrar todo mundo na mesma página para começar a decolar. Não acho que é algo preocupante. Acho que é normal no começo de todo time.”

Essa derrota significa que a gente precisa trabalhar em alguns pontos específicos como a comunicação e a gente se entender dentro de jogo. É um ponto muito importante para o nosso crescimento. Uma palavra que poderia definir o que essa derrota propôs para nós é: crescimento.

Foto: Riot Games

Para o jogador o que causou a derrota foram falhas no Draft e também os problemas de comunicação que a equipe sofreu nesta primeira série. Logo em seguida, questionamos o jungler sobre o que a CNB irá fazer para melhorar a situação do time.

“Pretendemos assistir bastante esse jogo para entender o que aconteceu. Ver os pontos em que estamos pecando e assim poder melhorar. Não é um bom começo, mas para a gente rever nossos erros é um começo.”

Você acompanha todos os horários dos jogos na Cobertura do Mais e-Sports do CBLOL. Lá você encontrará link para os replays e dados da partida.

Veja também: KaBuM domina CNB e vence por 2-0 a série
Veja também: “Eu esperava muito mais da CNB” comenta Titan após vitória no CBLOL

*Evelyn Mackus é repórter do Mais e-Sports e colaborou com a entrevista