Em época de dança das cadeiras, várias negociações podem acabar emperrando por conta da multa rescisória dos jogadores. No Brasil, sabe-se que o mid laner da paiN Gaming, Gabriel “Kami” Bohm tem uma multa que supera a marca de 1 milhão de reais, mas não é só ele que tem essa multa milionária. Conforme apurou o Mais e-Sports, tockers, mid laner da Red Canids, também tem uma cláusula de rescisão que atinge essa marca.

Em entrevista exclusiva ao Mais e-Sports, o CEO da Red Canids, Felippe Corradini confirmou o valor da multa em 1 milhão de reais e ainda explicou o que levou a organização a estipular uma multa rescisória tão elevada.

“Nós da Red Canids investimos muito na infraestrutura dos atletas. Oferecemos bootcamp, psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, então esse é o nosso foco e todo esse investimento nos jogadores tem um preço para tirar eles daqui. Além disso, o tockers é um jogador renomado, 5 vezes campeão brasileiro, sabemos do valor dele, tanto dele, quanto o valor que ele agregou na Red Canids e a Red Canids agregou nele, ou seja, é um investimento de ambos os lados e por isso o valor dessa multa”, afirmou o executivo.

Conforme noticiou o globoesporte.com, tockers teria recebido proposta da Keyd Stars para reeditar a line-up da INTZ que venceu tudo o que disputou no Brasil. No entanto, o alto valor da multa rescisória pode ser um empecilho para que essa negociação se concretize. Vale a pena lembrar que micaO e Jockster anunciaram suas saídas da INTZ na última terça-feira (11) e tem como provável destino a Keyd.

Questionado sobre a possível proposta recebida por tockers por parte da Keyd Stars, Corradini apenas comentou: “Recebemos diversas propostas de diversos times pelo tockers, mas nada concretizado por enquanto”.