O menino Alexandre “TitaN” Lima é um dos grandes nomes do CBLoL 2018. Recém chegado na elite do League of Legends brasileiro, o ADC vem abusando de suas mecânicas durante a competição.

Veja como foi a nossa entrevista com TitaN após mais uma vitória da KaBuM:

Se inscreva no canal do Mais e-Sports e não perca os próximos vídeos:

Você está bem “abusado”, né? Você não tem medo de acabar morrendo por causa disso?

Titan: Eu não posso dizer que são jogadas calculadas, mas elas são pensadas sobre o que eles podem fazer comigo e o que eu posso fazer contra eles. Eu tenho total confiança no meu time assim como eles têm em mim. Quando eu estou muito forte, eu sei sobre o potencial do meu campeão e nada vai me fazer parar. Essa é a confiança que eu trago dentro do jogo. Trazer a responsabilidade para cima de mim quando eu estou forte, principalmente de Tristana, eu vou pular mesmo pois eu tenho confiança e sei o dano do campeão. Então só tenho a abusar disso mais e mais.

Como foi ter sua jogada no The Penta?

Titan: Foi incrível… Nunca me imaginei ali, nunca me imaginei nem jogando CBLoL, quanto mais no The Penta. Eu acho que foi muito bom. Eu gostei muito de estar sendo reconhecido não só aqui mas fora também. É incrível.

Foto: Riot Games

Vocês jogarão contra a Keyd na semana que vem. Como será a série? 

Titan: Eu espero que nós continuemos com um bom trabalho. Vamos trabalhar bastante em cima deles para ver o que eles fazem de melhor, o que eles abusam. Hoje principalmente é uma oportunidade muito grande, pois eles vão jogar contra uma equipe muito forte (RED Canids). Como eu sempre digo em entrevista, eles são a equipe que melhor seta waves, eles são sincronizados pois já ganharam muitos campeonatos juntos. Acho que esperamos fazer o nosso melhor. Não esperamos nada deles para falar a verdade.

A bot lane da Keyd é a mais vitoriosa da história do competitivo brasileiro. Como será jogar contra micaO e Jockster?

Titan: Já joguei contra em algumas scrims e inhouses, eu acho muito forte a botlane deles. Muito inteligente, mas nada de extraordinário assim, que você vai dizer ‘nossa… eles fazem isso e eu não sabia’. Mas vai ser difícil. Não acho que nada vai ser fácil contra a Keyd, pois eles sabem abusar de erros pequenos que vêm do básico. Então se você não sabe abusar do básico, você não consegue estender o seu jogo. Eles sabem abusar disso e sei que vai ser bastante difícil. Vamos treinar bastante.

A escalada terá torcida e vocês já estão quase classificados para a final. Preparado?

Titan: Já joguei campeonato presencial em Manaus, mas não com tanta gente. Eu acho que joguei com 200, 300 pessoas assistindo. Estou muito ansioso, no caso de eu jogar uma final, gosto muito de ter plateia assim. É meu sonho… é meu sonho estar lá e quero realizar isso. Como é meu sonho, eu tenho dois obstáculos pela frente: Keyd e INTZ. Vou trabalhar bastante para não sofrer com a pressão de plateia. O foco já é ir para a final.

Veja também: Titan fala sobre boa fase e manda recado para brTT
Veja também: Jogada de Titan vai para o The Penta

*Entrevista realizada em parceria com Evelyn Mackus, repórter do Mais E-Sports.

O próximo jogo da KaBuM será contra a Vivo Keyd. Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 aqui no Mais e-Sports.