Nesse sábado (06), o MIBR teve quatro confrontos pela Esports Championship Series NA S6, qualificatório que dará vaga na ECS S6 Finals, campeonato onde 8 equipes da Europa e da América do Norte se enfrentarão, no Texas – Estados Unidos.

As duas primeiras partidas foram contra a terceira melhor equipe do mundo, a Team Liquid. Sem muitos confrontos entre as equipes no ano, não havia favoritismo para nenhum dos dois lados.

O início da partida comprovou a proximidade de nível tático entre ambas equipes. Na Inferno, a primeira metade não teve nenhuma grande vantagem, com o MIBR tendo saído vitorioso por 8×7. Porém, com a mudança de lado, os brasileiros fizeram uma boa atuação como Terrorista, perderam somente 3 rounds e fecharam o primeiro mapa por 16×10.

Cache foi novamente parelha. As 15 primeiras rodadas terminaram em 8×7 e, de novo, a favor do MIBR. O problema para a equipe de Stewie “Stewie2k” Yip veio na virada de lado. Com um bom início, segurando as investidas da Liquid, o MIBR alcançou o 14° ponto, mas não conseguiu pontuar mais. Taco e cia. tiveram uma ótima recuperação, venceram 5 rounds sem perder nenhum e fecharam a partida por 16×14.

As duas últimas partidas foram contra a equipe estadunidense, AZIO. No confronto, o favoritismo pendia totalmente para o lado brasileiro. Na Overpass, primeiro mapa do embate, o jogo foi bastante apertado, mas a experiência do MIBR falou mais alto e mesmo com Michael “Grim” Wince tendo uma ótima atuação, a AZIO foi derrotada por 16×10.

No último mapa, Train, o MIBR voou na partida. Com uma primeira metade quase perfeita, os brasileiros seguraram muito bem as investidas por parte dos americanos e saíram na frente por 13×2. Na virada de lado, a AZIO ainda venceu o round pistol, o que os mantiveram vivo na partida por mais algumas rodadas. Porém, o MIBR voltou a pontuar, alcançou o décimo sexto ponto e fechou a partida em 16×10.

Com os resultados, o MIBR alcançou a segunda pontuação na ECS NA S6, com 9 pontos.